terça-feira, abril 20, 2021

A República Velha: o primeiro período da República Brasileira

- Publicidade -

República Velha: ponto extremamente cobrado pelas provas brasileiras

A República Velha é o primeiro período da República Brasileira. Ela engloba outras duas fases: a República da Punhal e a República Oligárquica.

O ponto é extremamente cobrado nas principais provas do país. Entre elas, podemos reportar: o ENEM (com muita frequência, mormente), os vestibulares (principalmente os paulistas) e as provas de concursos que abordam História do Brasil.

Assim, pode-se proferir que se você deseja saber um bom desempenho em qualquer prova de História do Brasil, é fundamental dominar esse ponto.

República Velha: Introdução

A primeira período da República do Brasil recebe o nome de República Velha. Esse período se inicia com a Proclamação da República por Deodoro da Fonseca no dia 15 de novembro de 1889 e vai até o ano de 1930, com a Revolução de 30, com o termo do governo de Washington Luís e o início do governo de Getúlio Vargas. Ou por outra, o noção de República Velha engloba duas outras fases da República brasileira: a República da Punhal e a República Oligárquica.

Ao todo, a República brasileira é dividia pelos especialistas em:

  • Primeiro Período: República Velha (1889-1930)
  • Segundo Período: Era Vargas ou República Novidade (1930-1945)
  • Terceiro Período: República Contemporânea (1945-dias atuais)

República Velha: O Primeiro Período (1889-1894)

A República Velha se inicia com a chamada República da Punhal. O nome desse primeiro período ocorre devido ao vista militar dos dois presidentes do Brasil nessa período:  Marechal Deodoro da Fonseca (que proclama a República) e Marechal Floriano Peixoto.

Deodoro inicia um governo provisório logo em seguida a proclamação. Quando em 1891, a primeira Constituição da República Brasileira é promulgada, Deodoro é eleito pelo Congresso Pátrio e se torna o primeiro presidente do Brasil. Floriano Peixoto é o seu vice.

Seu governo foi marcado por divergências e muita oposição. No mesmo ano, Deodoro renuncia e Floriano assume o incumbência, bem pelos militares. Floriano Peixoto enfrentou uma série de revoltas e as reprimiu duramente. E é justamente por isso que ele recebe o sobrenome de Marechal de Ferro. Seu governo perdura até o ano de 1894.

República Velha: O Segundo Período (1894-1930)

Uma vez que dito anteriormente, a República Velha engloba duas fases. A segunda delas ficou conhecida uma vez que República Oligárquica. Isso porque, a presidência, nessa idade, era dominada pela fidalguia dos fazendeiros e das grandes famílias (as oligarquias).

Nesse período, paulistas e mineiros se alternavam na sucessão presidencial. Unicamente três presidentes da República Oligárquica não eram dos Estados de São Paulo ou de Minas Gerais. São eles: Hermes da Fonseca, Epitácio Pessoa e Washington Luís.

Vamos, a seguir, saber quais foram os presidentes da República Oligárquica.

  • Prudentes de Morais (1894-1898): primeiro presidente social. Governo marcado pelo coronelismo e a Guerra de Canudos.
  • Campos Salles (1898-1902): governo marcado pela Política dos Governadores.
  • Rodrigues Alves (1902-1906): urbanizou o Rio de Janeiro. Governo marcado pela Revolta da Vacina.
  • Afonso Pena (1906-1909): faleceu antes de completar o procuração e foi substituído pelo vice Nilo Peçanha.
  • Nilo Peçanha (1909-1910): criou o Serviço de Proteção ao Índio (SPI).
  • Hermes da Fonseca (1910-1914): enfrentou diversas revoltas. Entre elas, podemos reportar: a Revolta da Verdasca, a Revolta de Juazeiro e a Guerra do Impugnado.
  • Venceslau Brás (1914-1918): Primeira Guerra Mundial e industrialização do país.
  • Epitácio Pessoa (1918-1922): marcado pela Revolta dos 18 do Poderoso e a Semana de Arte Moderna.
  • Arthur Bernardes (1922-1926): governou em Estado de Sítio. Marcado pela ocorrência da Pilastra Prestes.
  • Washington Luís (1926-1930): Divulgado pelo seu lema “governar é erigir estradas”. Foi deposto por Getúlio Vargas e a Revolução de 1930. Termo da República Velha.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -