sexta-feira, junho 25, 2021

Adepol ofídio retomada e expõe déficit cresce…

- Publicidade -

A Associação de Delegados de Polícia Social do Rio Grande do Setentrião (Adepol RN) está cobrando a retomada do concurso PC RN. Segundo a entidade, um ofício foi enviado à Secretaria de Saúde do Estado, solicitando que o comitê científico se reúna e decida sobre a realização da seleção.

O concurso está suspenso desde fevereiro devido ao agravamento da pandemia de Covid-19. Na última segunda-feira, 10, a delegada-geral PC RN, Ana Cláudia Saraiva, afirmou que a seleção deve ser retomada a partir do segundo semestre.

A previsão, no entanto, parece não aprazer a Adepol RN. Em revelação solene enviada à prelo, a Associação alerta para o agravamento da situação dos quadros da PCRN, que atualmente é de 25,26% do efetivo previsto no Regime da Polícia Social.

“O Rio Grande do Setentrião deveria ter 5.150 homens e mulheres nas delegacias e departamentos, mas atualmente esse número é de 1.301”, disse a Adepol.

Ainda segundo a Associação, a situação é ainda mais grave porque o Estado já tem 142 policiais aptos a se reformar em 2021, o que deve aumentar o déficit.

“Enquanto isso, o transgressão organizado arregimenta novos integrantes todos os dias, cada vez mais jovens, com armamentos cada vez mais pesados. É um combate desigual e desumano. Tentamos fazer nosso trabalho muito feito, mas está ficando cada vez mais complicado”, afirmou a presidente da Adepol RN, a delegada Tais Aires.

Se remarcadas, as provas só seriam suspensas caso o índice de mortes e internações por Covid-19 piorassem. Isso porque uma lei foi aprovada, recentemente, para prometer o curso da seleção.

De negócio com a Lei nº 10.857, não podem ser suspensos:

  • “concursos públicos que tenham sua tramitação autorizada por preceito judicial, ou decorrente de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) ou Termo de Ajuste de Gestão (TAG)”; e
  • “concursos nas áreas de ensino, saúde e segurança pública”.
Concurso PC RN aguarda novo cronograma
(Foto: Facebook PC RN)

Resumo sobre a seleção!

  • Órgão: Polícia Social do Rio Grande do Setentrião
  • Cargos: agente de polícia, solicitador e escrivão
  • Vagas: 301
  • Requisitos: nível superior
  • Remuneração: R$4.731,91 (agentes e escrivães) e R$16.670,59 (solicitador)
  • Secretária: Instalação Getulio Vargas (FGV)
  • Inscrições: de 2 a 21 de dezembro de 2020
  • Provas: aguardando novo cronograma

Saiba uma vez que serão as provas do concurso PC RN

Os candidatos do concurso da Polícia Social do Rio Grande do Setentrião serão avaliados em até quatro etapas, sendo elas:

  1. provas objetivas e discursivas;
  2. avaliação física (exceto para o missão de escrivão) ou prova prática (somente para o escrivão);
  3. examinação psicotécnico; e
  4. curso de Formação. 

A prova objetiva contará com 100 questões, que serão distribuídas da seguinte forma:

Agente e escrivão

  • Língua Portuguesa (20 perguntas);
  • Raciocínio Lógico-Matemático (dez);
  • Noções de Informática (dez);
  • Noções de Gestão (dez);
  • Noções de Contabilidade (dez);
  • Noções de Recta Constitucional (dez);
  • Noções de Recta Penal, Processual Penal e Legislação Extravagante (15);
  • Noções de Recta Administrativo (dez); e
  • Noções de Medicina Lícito (cinco).

Solicitador

  • Recta Constitucional (15);
  • Recta Penal (15);
  • Recta Processual Penal (15);
  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante (15);
  • Recta Administrativo (15);
  • Recta Financeiro e Tributário (cinco);
  • Recta Ambiental (cinco);
  • Medicina Lícito (cinco);
  • Criminalística (cinco); e
  • Criminologia (cinco).

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos

Folha Cursos

Para ser ratificado será preciso ajustar, no mínimo, 50 questões. Somente os primeiros 600 candidatos habilitados, na ampla concorrência para solicitador, terão as provas discursivas corrigidas. 

No caso do agente e escrivão, somente serão corrigidas as avaliações dos primeiros 1.500 e 600 aprovados, respectivamente, na ampla concorrência.

Conforme o edital, a prova discursiva será realizada no mesmo dia da objetiva. Os aprovados serão convocados para as demais etapas.

Caso um candidato habilitado na prova discursiva esteja participando do concurso simultaneamente para o missão de escrivão e solicitador, a partir desta lanço será preciso optar pelo missão que deseja prosseguir no concurso.

Isso ocorre porque, segundo o edital, o cronograma previsto para o TAF e para a prova prática são coincidentes e inviabilizarão a realização das etapas de maneira concomitante.

enlightenedConcurso pode ter até 903 candidatos aprovados. Entenda!

Concurso PC RN oferece 301 vagas

Ao todo, a Polícia Social do Rio Grande do Setentrião oferece 301 vagas imediatas, sendo:

  • 47 para solicitador;
  • 230 para agente; e
  • 24 para escrivão.

Os cargos têm o nível superior uma vez que requisito. No entanto, no caso do solicitador, é preciso ter graduação completa em Recta. A PC RN exige ainda carteira de habilitação a partir da categoria B para todos os candidatos.

Em maio de 2020, os salários iniciais e finais passaram por reajustes. Desta forma, os aprovados receberão os seguintes vencimentos.

   Salário Inicial   Salário final 
Solicitador  R$16.670,59  R$25.632,97
Agente  R$4.731,91  R$10.468,63
Escrivão  R$4.731,91  R$10.468,63

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -