quinta-feira, julho 29, 2021

Aluna conquista 1º lugar em competição de música • Paraíba Online

- Publicidade -

Uma estudante da Universidade Federalista da Paraíba (UFPB) conquistou o primeiro lugar em uma das categorias da competição de música clássica International Classic Web Competition 2021, realizada pela Associazione Musicale Dionisio, da Itália.

Mestranda em violoncelo do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGM), Isabelle Azevedo, conquistou o prêmio na categoria Música de Câmara.

A segunda edição dessa competição, que tem o intuito de dar visibilidade a jovens músicos de diversos países neste momento de pandemia, ocorreu de forma online, entre os dias 25 de junho e 7 de julho.

Dividida em quatro categorias – piano, violino, esquina e música de câmara (de duo a quintetos) – a premiação contou com membros do júri da cidade italiana de Gênova, incluindo instrumentistas do Teatro Carlo Felice e do Conservatório Nicolo Paganini.

Com orientação do violoncelista e professor Felipe Avellar, do Departamento de Música da UFPB, a mestranda se apresentou no concurso em forma de duo camerístico de violoncelo e piano, com o pianista paraibano Glauco Fernandes (egresso da UFPB), em uma tradução de repertório devotado a Ludwig van Beethoven.

A conquista trouxe ânimo para Isabelle Azevedo seguir na curso de artista, bastante afetada pela pandemia.

“Lucrar um prêmio internacional, com um júri competente, concorrendo com pessoas do mundo inteiro, é uma prova de que estou no caminho notório, de que vale a pena persistir e resistir também”, declarou a violoncelista, que recebeu um certificado assinado pelos membros do júri.

Isabelle ingressou ainda petiz do mundo da música. Aos oito anos, começou a tocar violão e aos 12, quando se mudou de Patos, no sertão da Paraíba, para João Pessoa, iniciou os estudos no violão erudito.

Ao observar um solo de violoncelo em um concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, quando tinha 15 anos, se encantou com a sonoridade do instrumento.

“Uma vez que ele é muito custoso, eu comecei com um violoncelo emprestado da Orquestra Sinfônica Infantil, ofertado pela maestrina Norma Romana, que marcou muitos jovens musicistas da Paraíba”, contou Isabelle, que já tocou nas orquestras sinfônicas da Paraíba e de João Pessoa.

Hoje, aos 25 anos, ela é professora de violoncelo da Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN) e integra o grupo de músicos Camerata Parahyba.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -