sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Amapá será sítio de prova de concurso para Escola de Sargento de Armas do Tropa | Amapá

- Publicidade -

O Amapá será um dos locais de prova do concurso público para Escola de Sargento de Armas (ESA) do Tropa Brasiliano. As inscrições vão até 18 de março, pela internet, no valor de R$ 95. O concurso oferece, ao todo, 1.100 vagas para candidatos do sexo feminino e masculino.

  • Leia o edital completo cá

A prova objetiva, marcada para 12 de julho, acontece no estado no Comando de Fronteira Amapá e no 34º Batalhão de Infantaria de Selva, localizados na capital Macapá.

As vagas são divididas para as áreas de música, saúde e universal:

  • Superfície universal: 900 para os candidatos do sexo masculino, sendo 180 vagas destinadas à prestação de negros; 100 para as candidatas do sexo feminino, sendo 20 vagas destinadas à prestação de negros;
  • Músicos: 45 vagas;
  • Superfície de saúde: 55 vagas, sendo 11 destinadas à prestação de negros, de ambos os sexos.

Pré-requisitos para candidatura

  • Ensino médio completo;
  • Idade mínima de 17 anos e máxima de 24 anos (exceção para saúde e música com idade máxima de 26 anos);
  • Mínimo 1,60 metro de fundura para o sexo masculino ou 1,55 metro para o sexo feminino;
  • Não ser solene ou aspirante a solene na ativa das Forças Armadas ou das Forças Auxiliares.

Para recepção, o candidato passará por duas etapas: a primeira composta por revista intelectual, valoração de títulos, revista de habilitação músico para os candidatos da dimensão músico aprovados no revista intelectual e classificados dentro das vagas destinadas aos naipes, muito uma vez que aos incluídos na majoração que forem convocados pela ESA para continuarem no curso de recepção; inspeção de saúde, revista de capacidade física preparatório.

A segunda lanço avalia os seguintes quesitos: revisão médica, revista de capacidade física definitivo (EAFD), comprovação dos requisitos biográficos dos inscritos e comprovação através da heteroidentificação para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da matrícula e optaram concorrer pelo sistema de reservas de vagas, de caráter supressório.

Os aprovados atuarão nos dois primeiros anos do curso de formação nas Unidades Tecnológicas do Tropa de Alegrete-RS; Blumenau-SC; Campo Grande-MS; Fortaleza-CE; Itajubá-MG; Jataí-GO; Juiz de Fora-MG; Jundiaí-SP; Natal-RN; Pirassununga-SP; Pouso Satisfeito-MG; Rio de Janeiro-RJ; Taubaté-SP e Três Corações-MG.

O candidato que optar pela dimensão universal terá chances para infantaria, cavalaria, artilharia, engenharia, notícia, material bélico (manutenção de viatura auto), material bélico (manutenção de armamento), material bélico (mecânico operador), material bélico (manutenção de viatura blindada), manutenção de comunicações, topografia, intendência e aviação-manutenção.

Aos músicos, as oportunidades são nos instrumentos de clarineta em MIB/clarineta em SIB, flauta em dó/flautim em dó, saxhorne barítono em SIB/saxhorne insignificante em SIB, saxofone em MIB/saxofone em SIB, tímpanos, zabumba, pratos, tarol e caixa surda, trombone tenor em SIB (de vara), trombone insignificante em SIB (de vara), trompa em fá, trompete em MIB/SIB – cornetim em SIB/flueglhorne em SIB, tuba em MIB/tuba em SIB.

Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -