quinta-feira, julho 29, 2021

Aos 13 anos, moça descobre talento em fazer maquiagens assustadoras e vídeos dela viralizam nas redes sociais | Mato Grosso do Sul

- Publicidade -

Antes dos 13 anos, a estudante Flávia Bittarello Nichele era aquela que não passava zero no rosto, “nem um batonzinho”, uma vez que dizia a mãe dela. Mas, foi só chamá-la para participar de um curso de automaquiagem, em Chapadão do Sul, na região nordeste do estado, que tudo mudou.

A moça se apaixonou por esta dimensão, fez inúmeras aulas de aperfeiçoamento, montou um estúdio em moradia e agora passa as horas livres se maquiando e sonhando em atuar no cinema com a geração de personagens assustadores.

“Eu fiz o curso porque a minha mãe insistiu, era de uma amiga dela que estava vendendo maquiagem e cosméticos. Me apaixonei no mesmo dia e, seis meses depois, já estava fazendo um curso de maquiagem profissional e atendendo clientes. Depois, em 2020, fui para o lado da maquiagem artística, que é o que eu mais palato de fazer. Agora, com 15 anos, tenho o meu estúdio em moradia, atendo clientes e tenho o sonho em atuar nessa dimensão, fora do país”, afirmou ao G1 a estudante.

Adolescente se apaixonou por maquiagem aos 13 anos e sonha em atuar nesta área no cinema

Juvenil se apaixonou por maquiagem aos 13 anos e sonha em atuar nesta dimensão no cinema

Segundo Flávia, posteriormente o primeiro curso ela ganhou o kit de maquiagem e, com a chegada da pandemia, se matriculou em um treinamento online e também passou a se destinar em vídeos para as redes sociais, mostrando o passo a passo da maquiagem, sendo que, muitos deles, rapidamente viralizaram.

“Faço a maquiagem social, só que a que eu mais palato é a artística. Nos meus treinos, sempre chamo meus familiares e até o meu pai já foi meu protótipo. Minha mana mais velha, meus primos e minha mãe sempre são. Eles sempre me incentivaram e me apoiaram muito. Em seguida isso é que eu passei a fazer em outras pessoas e também a participar de concursos de maquiagem”, comentou Flávia.

Flávia conta que a família a apoia muito com as maquiagens — Foto: Flávia Nichele/Registo Pessoal

Sempre com muita originalidade, a jovem fala que as maquiagens de halloween são as que mais a encantam. “É uma produção enorme e isso tornou o meu passatempo. A intenção é incubar mesmo e o meu sonho é poder trabalhar fora do Brasil uma vez que maquiadora de efeitos especiais para o cinema. Eu sempre assisti filmes de terror, de façanha e ficava encantada com a maneira em que os personagens eram criados, ganhavam vida”, comentou.

Na rotina diária, Flávia conta que vai para escola e, ao retornar, faz as atividades e depois grava vídeos para as redes sociais. “Fico pensando em ideias para mostrar as maquiagens e isso fez com que várias pessoas me conhecessem cá. Na rua, as pessoas falam: ‘você é a moça que faz aquelas maquiagens assustadoras, né?! Não parece, mas, tenho um pouco de vergonha, sou tímida”, contou.

A mãe da artista, a contadora Lucimara Aparecida Bittarello Michele, de 42 anos, disse que é a “maior torcedora” e está sempre ao lado da filha, “torcendo e divulgando o trabalho dela”. “Eu vejo o clarão nos olhos dela toda vez em que fala da maquiagem. No meu caso, já aconteceu de chegar do trabalho e ver a minha filha toda enxurro de sangue fake. Eu falo que ela surpreende sempre, é muito terrível, só que é o que ela governanta fazer e nós até montamos um espaço para ela em moradia”, explicou.

No ateliê, a jovem atende clientes e também faz as filmagens para as redes sociais. “No prelúdios eu fiquei apreensiva porque é alguma coisa muito dissemelhante e que realmente deixa as pessoas chocadas. Ainda mais porque estamos em uma cidade pequena e acompanhei muitas noites de pranto dela, dizendo que as pessoas não valorizam, não entendem. Nós somos evangélicos e muita gente da nossa convívio não entende. Só que é impressionante levante talento dela e para mim sobra muita roupa para lavar e as paredes manchadas, às vezes”, brincou.

Estudante diz que passa as horas livres fazendo testes de maquiagens artísticas — Foto: Montagem/G1 MS

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -