quarta-feira, maio 5, 2021

aprovados comentam sobre órgão e dão dicas de estudo

- Publicidade -

A esperança do concurseiro da extensão fiscal renasceu com as recentes notícias de que um novo concurso Receita Federalista está esquentando – com chances, inclusive, de ser divulgado em 2021.

Por isso, ninguém é mais muito prestes para falar sobre o órgão, curso, lotações e dar dicas de estudo, do que quem já passou por esta lanço.

O Direção Concursos reuniu aprovados nos últimos concursos públicos da Receita Federalista para percutir um papo e tirar segmento das grandes dúvidas dos concurseiros. Os convidados foram o prof. Arthur Leone (ratificado no concurso de 2002), prof. Diogo Moreira (concurso de 2010) e prof. Marina Marcondes (concurso de 2010).

Confira aquém algumas respostas sobre tópicos muito interessantes:

QUAL A LOTAÇÃO INICIAL DOS APROVADOS

Os três aprovados nos últimos concursos Receita Federalista tiveram lotações diferentes entre si e é importante ressaltar que as lotações são de combinação com a posição do candidato.

No caso, por exemplo, do prof. Arthur Leon, a primeira lotação foi em Manaus, na segunda região fiscal.

Já o prof. Diogo Moreira foi para a região da fronteira, no Chuí, e a prof. Marina Marcondes conseguiu a primeira lotação em São Paulo.

Entretanto, o prof. Arhur Leone alerta que “é um caminho inevitável de praticamente todos de ir trabalhar em alguma fronteira. Ou do Sul, ou do Setentrião, do Núcleo-Oeste”.

AS ATIVIDADES DE UM AUDITOR FISCAL

O prof. Arthur Leon já garante: há lugar para todo mundo na Receita Federalista. Além da atividade de fiscalização, segundo Leone, a artilharia está em outros processos de trabalho.

“Há uma multiplicidade de processos de trabalho que, certamente, você vai encontrar um que te agrada”, afirma.

CURSO DE FORMAÇÃO É DIFÍCIL?

O concurso Receita Federalista de 2010 teve uma peculiaridade: o Curso de Formação foi de caráter supressório. No concurso ulterior, realizado em 2014, o curso teve caráter classificatório.

Na quadra, foram 42 dias de aulas, de segunda-feira até sábado, com provas semanais. O teor? Matérias relativas aos exercícios de um Auditor Fiscal.

“Duas das matérias que não caíram no concurso de 2009 foram ensinadas no Curso de Formação: Legislação Tributária e Legislação Aduaneira”, comenta Diogo.

Muitos candidatos se preocupam com o proporção de dificuldade do Curso de Formação e a prof. Marina Marcondes já acalma os preocupados: “Não há motivo de se preocupar. O candidato que conseguiu chegar até o Curso de Formação já está muito prestes”.

DICAS DE ESTUDO

O próximo concurso Receita Federalista traz a possibilidade de dois cargos: Auditor Fiscal e Exegeta Tributário. Por isso, muitos se questionam se é provável unir os estudos ou se há ordem ideal para debutar.

Uma forma é debutar com o teor de Exegeta e, depois, transmigrar para Auditor, mas o prof. Diogo Moreira traz um próprio parecer. “Via de regra, porquê a gente não sabe se a prova vem ou não, eu tenho tenho recomendado utilizar o edital de Auditor, mas debutar com as matérias que são comuns aos dois cargos”, detalha.

Ou por outra, Moreira ressalta que obviamente os candidatos devem observar a própria fardo horária e tentar aspirar o melhor provável de teor.

A prof. Marina Marcondes aconselha, por exemplo, “debutar pelas seis matérias básicas fiscais”. Fortalecer a base é, para Marcondes, um caminho ideal já que não se tem previsão exata de quando o edital será divulgado

As seis matérias fiscais base são: Contabilidade, Administrativo, Constitucional, Tributário, Raciocínio Lógico e Português.

Sobre a material de língua estrangeira, ela recomenda postergar o estudo. “Momento legítimo de inserir inglês é posteriormente a autorização”, aconselha.

No bate-papo completo, você terá informações muito valiosas sobre os estudos, porquê se preparar e sobre o funcionamento da Receita Federalista. Confira na íntegra:

O Direção Concursos também preparou um grupo no Telegram com as principais notícias voltadas para a extensão fiscal. Clique cá e participe!

Quadro concurso Receita Federalista

A Receita Federalista encaminhou um novo pedido ao Ministério da Economia para a realização do concurso público com 699 vagas destinadas aos cargos de Auditor Fiscal e Exegeta Tributário (concurso Receita Federalista).

informação foi obtida com exclusividade no dia 13 de abril pela equipe de jornalismo do Direção Concursos. O documento também solicita um novo prazo para a realização das provas objetivas posteriormente a publicação do edital.

De combinação com uma manancial interna, o concurso RFB tem potente chance de ser autorizado, apesar de que o documento no início desta material ainda será submetido à estudo.

Em contato com um membro da subida cúpula do Sindifisco Vernáculo, a resposta dada ao Direção Concursos foi curta, porém animadora: “Esquentando sim”.

O último concurso Receita Federalista ocorreu em 2014, ofertando 278 vagas para a curso de Auditor Fiscal. Já a seleção para Exegeta-Tributária ocorreu em 2012, com a oferta de 750 vagas.

Atualmente, um Auditor-Fiscal recebe salários iniciais que giram em torno de R$ 21 milénio e Analistas-Tributários, R$ 12 milénio.

Tudo sobre o concurso RFB

Resumo

  • Situação: concurso Receita Federalista solicitado
  • Vagas: 699 solicitadas
  • Remuneração inicial: Exegeta Tributário: R$ 12.142,39 (jan/2019, sem bônus); Auditor Fiscal: R$ 21.029,09 (jan/2019, sem bônus).
  • Carteira: não definida
  • Escolaridade: Ensino Superior
  • Incumbência: auditor fiscal federalista e crítico
  • Link do último edital

Assinatura Ilimitada

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais dextro, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma novidade experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

concurso mp am e mais

concurso receita federalista 2020 concurso receita federalista 2021 concurso rfb concurso rfb 2021 edital receita federalista edital receita federalista 2020 edital receita federalista 2021 edital rfb edital rfb 2021

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -