aproveite o que já estudou para Controle

- Publicidade -

Oriente item apresenta algumas dicas para você, que já estuda para Tribunais de Contas, e quer iniciar a preparação para o TCE-PI 2021.

Adaptando os estudos para o TCE-PI

Olá, concurseiros e concurseiras! Tudo muito com vocês?

Uma vez que todos já devem estar sabendo, recentemente foram publicados dois editais do concurso do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI): um de Assistente de Gestão (nível médio) e outro de Auditor de Controle Extrínseco (nível superior). A carteira examinadora será a Instauração Getúlio Vargas (FGV).

Neste item, iremos abordar uma vez que o aluno que já tem uma certa experiência na espaço de Controle pode aproveitar seus conhecimentos para fazer uma preparação em cimo nível para esse concurso. Aliás, trataremos a situação do candidato que já se prepara para concursos de Engenharia, no caso do missão de nível superior. Finalmente, vamos dar uma sugestão de uma vez que focar os estudos nessa reta final, de negócio com o perfil de cada um.

Só uma reparo: não se engane com o número relativamente grave de vagas, pois o próprio órgão já manifestou a intenção de nomear um número maior de aprovados, uma vez que é de rotina em concursos de Tribunais de Contas. Ou seja, esta é uma supimpa oportunidade para os candidatos de nível médio e para os engenheiros.

Por isso, turbine a sua preparação para o TCE-PI por meio dos nossos materiais.

O vestuário de a carteira ser a FGV é uma grande novidade para quem está afeito com provas de Tribunais de Contas elaboradas, por exemplo, pela FCC ou, principalmente, pela carteira CESPE. Com relação a esta última, a diferença é maior ainda, pois ocorre tanto no formato da prova uma vez que na maneira uma vez que o teor é cobrado.

Formato: Múltipla escolha x Visível/Falso

Em provas do tipo CESPE, onde devemos marcar Visível ou Falso, ou deixar a questão em branco, temos várias estratégias possíveis. Não é o foco agora discutir uma vez que resolver uma prova desse tipo, pois não é o caso deste concurso. A FGV elabora provas de múltipla escolha com um estilo próprio. Portanto, faz-se necessária uma mudança de estratégia em relação àquela adotada em provas de outras bancas.

Quando nos preparamos para fazer uma prova de Visível/Falso, há algumas peculiaridades. Por exemplo, algumas disciplinas podem, a depender do caso, ser negligenciadas, pois às vezes deixar uma questão em branco não é necessariamente um mau negócio nesse tipo de concurso.

Por outro lado, em provas de múltipla escolha, é interessante ter o mínimo de preparação em todos os assuntos. Nesse sentido, é importante sobresair que o concurso do TCE-PI traz uma nota de incisão que deve ser atingida em cada segmento da prova. Uma vez que veremos adiante, a prova objetiva é composta por assuntos de conhecimentos básicos e específicos, sendo que um dos critérios do concurso é a nota mínima de 40% nos básicos e 50% nos específicos.

Ou seja, o aluno que se especializa muito na segmento maior da prova, de conhecimentos específicos, mas não se prepara tão muito para a segmento de conhecimentos básicos, embora pudesse ter um desempenho relativamente bom em uma prova do CESPE, no caso deste concurso pode concluir perdendo tudo.

Teor: Contextualizado x Literal

Ainda com relação à carteira, temos outra diferença marcante, mas agora em relação ao teor. A FGV é conhecida por cobrar questões grandes com um nível saliente de dificuldade, muitas vezes de forma interdisciplinar.

Por exemplo, quem está afeito com questões de Português do CESPE, em que são mais cobrados aspectos semânticos e compreensão textual, pode ter dificuldade com a prova da FGV, que serpente aspectos mais técnicos e gramaticais. Portanto, a solução de questões é muito importante para você não ser pego de surpresa.

Outra diferença no estilo da carteira é que as questões costumam ser mais contextualizadas, menos literais e com menos pegadinhas. Isso pode ser bom ou ruim, dependendo do candidato. No entanto, na situação em que devemos estudar assuntos novos em pouco tempo, isso pode ser visto uma vez que uma vantagem, pois algumas leituras podem ser suficientes para entender um objecto, não sendo necessário repetir até decorar tudo.

Outra vantagem que o candidato pode usar a seu obséquio ao se preparar para provas da FGV é o vestuário de a carteira ser muito tradicional, tendo realizado uma quantidade imensa de provas para concurso público. Isso é principalmente vantajoso na hora de resolver questões, pois o candidato não deve ter dificuldade para encontrar provas antigas da FGV com os assuntos do seu edital.

Aliás, para tornar essa preparação para o TCE-PI ainda mais interessante, a própria FGV também lançou na rossio o edital do TCE-AM, onde também haverá cobrança de assuntos de Engenharia. Logo, por se tratar de uma prova no mesmo estilo, elaborada pela mesma carteira, vale a pena conferir essa oportunidade para aumentar suas chances em uma mesma preparação.

Onde focar os estudos para o TCE-PI

Para responder a essa pergunta, precisamos dividir os candidatos de negócio com o missão a que irão concorrer e também de negócio com o perfil de preparação de cada um. No entanto, o que já podemos antecipar é que, para ambos os cargos, o edital veio relativamente seco. Dessa forma, até os candidatos com uma preparação mais incipiente têm chance de finalizar os estudos com uma antecedência tal que possibilite encaixar uma boa revisão no calendário.

Preparação para o TCE-PI – Incumbência de Assistente de Gestão

Matérias para Assistente de Administração no concurso do TCE-PI.
Estrutura da prova de Assistente de Gestão

Com base no formato de prova apresentado supra, podemos declarar que um candidato que já estuda para a espaço de Controle não encontra nenhuma surpresa na prova de conhecimentos básicos. Uma provável salvaguarda é a disciplina de Legislação Específica, que iremos abordar a seguir.

Legislação Específica para Assistente do TCE-PI

Conteúdo de Legislação Específica
Teor de Legislação Específica – Assistente

É geral que os Tribunais de Contas cobrem leis sobre a curso, Leis Orgânicas, Regimentos Internos, etc. Porém, neste caso, a carteira acrescentou normas muito específicas. O mais importante é que o candidato não se assuste com a quantidade de normas, pois a maioria delas não é tão extensa. Portanto, basta produzir o hábito de fazer uma leitura diária dessas normas, com próprio atenção aos pontos que apresentem face de questão de prova.

Em universal, a Lei Orgânica e o Regimento Interno do Tribunal são cobrados de forma muito ampla. De todo o teor dessa disciplina, consideramos essas duas normas as mais importantes, portanto é interessante fazer a leitura seca e talvez até imprimir para fazer marcações e ler um pouco todo dia. Assim, você obtém um supimpa material para revisar na véspera da prova.

Contabilidade para Assistente do TCE-PI

Já na segmento de conhecimentos específicos, sem dúvidas o objecto menos trivial para a maioria dos concurseiros da espaço é Contabilidade. No entanto, atente-se para o termo “Noções de Contabilidade”. Ou seja, deve-se tomar desvelo para não extrapolar o edital, já que o tempo é valedoiro, pois o concurso está tapume de dois meses avante.

Conteúdo de Contabilidade
Teor de Contabilidade – Assistente

Por isso é muito importante fazer uso dos nossos materiais específicos, já que lá as aulas são feitas sob medida de negócio com a carteira e o teor do edital, de modo a priorizar o que é mais importante.

Preparação para o TCE-PI – Incumbência de Auditor de Controle Extrínseco

Matérias
Estrutura da prova de Auditor de Controle Extrínseco

Já para o missão de Auditor, as novidades foram concentradas na segmento de conhecimentos específicos. Repare que as disciplinas de conhecimentos básicos, que são Português, Recta Administrativo, Recta Constitucional e Gestão Financeira e Orçamentária são assuntos que já fazem segmento do dia a dia do candidato da espaço de Controle.

Dessa forma, para esse tipo de candidato, sugerimos o foco nas matérias de conhecimentos específicos a revisão por meio de questões para as de conhecimentos básicos. Até porque há muito teor de Engenharia para estudar e, de resto, trata-se de um edital padrão de concurso de Tribunal de Contas.

Controle Extrínseco para Auditor do TCE-PI

A disciplina de Controle Extrínseco não traz nenhuma surpresa. No entanto, é importante sobresair que segmento dessa disciplina sempre será específica de cada Tribunal de Contas (veja os grifos inferior), pois ela aborda normas emanadas por esses órgãos.

Conteúdo de Controle Externo para Assistente de Administração do TCE-PI.
Teor de Controle Extrínseco – Auditor

Assim uma vez que foi dito para a prova de nível médio, essas normas costumam ser cobradas com bastante peso, pois o conhecimento delas é de extrema influência para os servidores do Tribunal. Portanto, destacamos o desvelo que o candidato deve ter com tais assuntos, visto que eles costumam marcar presença nas provas discursivas.

Assuntos específicos de Engenharia para Auditor do TCE-PI

Agora entram os assuntos específicos de engenharia: AUDITORIA DE OBRAS RODOVIÁRIAS; AUDITORIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÕES; AUDITORIA DE OBRAS HÍDRICAS E SANEAMENTO.

Nesses casos, a preparação vai depender muito do histórico de cada candidato. Vamos examinar dois casos:

Concurseiro com experiência na espaço de Controle

Essa é a segmento do edital que gera a maior dificuldade para esse aluno. Estima-se alguma coisa entre 30 e 45 questões desses assuntos, os quais são extremamente específicos e certamente não fazem segmento do seu dia a dia. Oriente deve ser o seu foco nas próximas semanas!

Não tem para onde fugir. Você deve ser realista: as chances de passar sem estudar essas matérias são ínfimas.

Concurseiro focado em concursos para Engenheiro

Nesse caso, você tem uma vantagem em relação à maioria dos seus concorrentes. Mas desvelo: talvez você também tenha uma desvantagem!

Concurso público, hoje em dia, não é uma prova em que são aprovados aqueles que têm uma formação melhor, ou aqueles que apresentam maior conhecimento sobre o objecto. Há muitos outros fatores envolvidos, uma vez que a experiência, que melhora a astúcia do candidato para perceber o que o examinador está cobrando; a tranquilidade, que aumenta o nível de percepção do candidato para evitar erros bobos; além, é simples, da sorte.

Portanto, não conte com o seu conhecimento específico uma vez que uma vantagem, mas o utilize a seu obséquio. Por exemplo: aproveite para fazer uma revisão mais equilibrada, para não perder pontos nos outros tópicos do edital.

Por último, mas talvez mais importante, não deixe de revisar inclusive os assuntos que você considera que domina. Isso porque é crucial dominar, além do objecto, a maneira uma vez que a carteira costuma cobrá-lo. Portanto, uma sugestão é que você comece tentando resolver algumas questões antigas da carteira e questões do nosso material.

Considerações adicionais sobre a preparação para o TCE-PI

Agora vamos tecer alguns comentários acerca de detalhes aos quais os candidatos devem estar atentos, pois não é exclusivamente o teor que define quem será confirmado.

Prova discursiva junto com a prova objetiva

Esse formato de prova costuma deixar muitos candidatos com pavor, pois é necessário gerir o tempo de prova para ter o melhor desempenho provável nas questões objetivas e discursivas.

No caso da prova de Assistente, será uma redação de 20 a 30 linhas e irá vale 20 pontos e tem pontuação mínima de 10 pontos, ou seja, o candidato que não obtiver metade da nota será eliminado. Já na prova de Auditor, a prova escrita será composta por duas questões discursivas.

Pontuação mínima

Uma vez que já foi dito anteriormente, um dos critérios destas provas é a pontuação mínima de 40% em conhecimentos básicos e 50% em conhecimentos específicos, além de 50% na prova escrita.

Isso equivale a um acerto mínimo de 12 das 30 em conhecimentos básicos e 20 das 40 em conhecimentos específicos, para o missão de Assistente de Gestão. Para o missão de Auditor de Controle Extrínseco, os números são: 16 das 40 em conhecimentos básicos e 30 das 60 em conhecimentos específicos.

Tendo isso em vista, destacamos que os candidatos ao missão de Auditor devem dar próprio atenção às matérias de Engenharia.

Temas das questões discursivas

Segmento muito importante da sua preparação para o TCE-PI é a prova discursiva. O edital não especifica se as questões discursivas cobrarão temas da segmento básica ou específica. No entanto, entendemos uma vez que provável que as questões sejam voltadas para a segmento de Engenharia, no caso da prova de nível superior. Outros tópicos que costumam desabar nas discursivas são Gestão Financeira e Orçamentária, Auditoria e Controle Extrínseco.

Já no caso de Assistente, o edital utiliza o termo “redação”. É provável que seja um texto mais simples, sem abordar temas complexos do edital.

Por término, Língua Portuguesa é objecto que não pode ser negligenciado no contexto de uma prova discursiva.

Desenlace

O concurso está perto, portanto a sua preparação para o TCE-PI já se encontra no limitado prazo. Vamos sintetizar o resultado da estudo deste concurso.

Para o missão de Assistente, Legislação Específica e Contabilidade devem ser temas de prioridade para os candidatos em universal. O primeiro, por meio da leitura das normas; o segundo, por meio do material teórico em vídeo e PDF. As outras disciplinas podem ter um foco secundário, por meio de materiais de revisão e solução de questões da FGV.

Para o missão de Auditor, temos dois casos. Em ambos os casos, faz-se necessária a leitura das normas do TCE-PI. No caso do concurseiro com experiência em assuntos da espaço de Controle, o foco deve ser nas matérias de Engenharia, enquanto os outros assuntos podem ser revisados por meio de questões da FGV.

Já o candidato experiente na espaço de Engenharia pode elaborar um cronograma mais extenso, se aprofundando mais nos possíveis temas de questões discursivas e fazendo muitas e muitas questões da carteira.

Esperamos que as dicas apresentadas cá ajudem vocês nessa preparação para o TCE-PI.

Um amplexo e ventura a todos!

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -