quinta-feira, agosto 5, 2021

Conciliação entre o concurso do Banco do Brasil e a dimensão Fiscal

- Publicidade -

Olá, Pessoal, tudo muito com vocês? No cláusula de hoje vamos fazer uma conciliação entre o concurso do Banco do Brasil e os concursos da dimensão fiscal . Vamos lá?

Saiu o Edital do concurso do Banco do Brasil

O edital n° 01/2021 referente ao concurso Banco do Brasil para Escriturário foi publicado!

Uma oportunidade incrível para quem está estudando para concurso público.

O função é dividido em duas especialidades, sendo elas: Agente de Tecnologia e Agente Mercantil.

Esse concurso está sob a organização da mesa examinadora Cesgranrio. Foram abertas 2.240 vagas imediatas e 2.240 vagas para o cadastro suplente (CR), totalizando 4.480 oportunidades (e falaram que não haveria concurso público esse ano).

Exigência para o concurso do Banco do Brasil

A formação exigida para esse concurso do BB é nível médio completo. Uma vez que os requisitos de idade e de formação só precisam ser comprovados na posse e o resultado final do concurso só sairá em dezembro. Sendo assim, é uma magnífico oportunidade até para quem está acabando o ensino médio esse ano, já que o resultado final só sairá em dezembro, consequentemente a posse será depois.

Etapas do concurso do Banco do Brasil

1° Lanço: Avaliação de Conhecimentos

Essa 1° lanço tem caráter supressivo e classificatório e vai ocorrer sob responsabilidade da CESGRANRIO (Secretária essa que foi responsável pelos últimos concursos do BB – 2018 e 2015).

A Cesgranrio é uma mesa que costuma fazer questões com um nível mediano de dificuldade

A prova objetiva está prevista para o dia 26 de setembro de 2021. Essa prova será composta por 70 questões de múltipla escolha, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Conhecimentos Específicos.

As matérias incluídas nos Conhecimentos Básicos do Concurso do Banco do Brasil (Representam 32,5% da prova), para ambos os cargos concurso Banco do Brasil 2021, são:

  • Língua Portuguesa (Vale 15% da Prova Objetiva);
  • Língua Inglesa (Vale 5% da Prova Objetiva);
  • Matemática (Vale 7,5% da Prova Objetiva);
  • Atualidades do Mercado Financeiro (Vale 5% da Prova Objetiva).

Os Conhecimentos Específicos (Representam 67,5% da prova) para o função de Agente de Tecnologia são:

  • Verosimilhança e Estatística (Vale 7,5% da Prova Objetiva);
  • Conhecimentos Bancários (Vale 7,5% da Prova Objetiva);
  • Tecnologia da Informação (Vale 52,5% da Prova Objetiva).

Percebe-se portanto, a preço da material de Tecnologia da Informação para a especialidade de Agente de Tecnologia.

Os Conhecimentos Específicos (Representam 67,5% da prova) para o função de Agente Mercantil são:

  • Matemática Financeira (Vale 7,5% da Prova Objetiva);
  • Conhecimentos Bancários (Vale 15% da Prova Objetiva);
  • Conhecimentos de Informática (Vale 22,5% da Prova Objetiva);
  • Vendas e Negociação (Vale 22,5% da Prova Objetiva).

Percebe-se portanto, a preço das matérias de Vendas e Negociação e Conhecimentos de Informática para a especialidade de Agente Mercantil do Concurso do Banco do Brasil.

Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Conhecimentos Básicos

  1. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Português:

2. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Matemática:

3. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Conhecimentos Bancários:

Estudo Específica concurso BB – Conhecimentos Específicos:

  1. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Estatística para o Incumbência de Agente de Tecnologia:

2. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Tecnologia da Informação para o Incumbência de Agente de Tecnologia:

3. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Matemática Financeira para o Incumbência de Agente Mercantil:

4. Estudo Estatística concurso Banco do Brasil – Estudo Estatística de Informática para o Incumbência de Agente Mercantil:

2° Lanço do Concurso do Banco do Brasil: Prova de Redação

prova discursiva do concurso do Banco do Brasil terá caráter supressivo e será aplicada também sob responsabilidade da Secretária Examinadora CESGRANRIO.

A prova está prevista para intercorrer no mesmo dia da emprego das provas objetivas (26/09/2021). 

A prova de redação será avaliada, levando em consideração os seguintes pontos:

  • Adequação ao tema proposto;
  • Adequação ao tipo de texto solicitado;
  • Serviço tempestivo de mecanismos de coesão;
  • Capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma congruente argumentos pertinentes ao tema proposto;
  • Pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão.

Uma vez que elaborar uma boa discursiva para Concurso Público

O concurso do Banco do Brasil, assim porquê vários concursos da dimensão fiscal elencou no seu edital porquê segunda lanço a realização de uma prova discursiva.

Antes de mais zero, não existe sigilo para elaborar uma boa discursiva em provas de concurso público, é necessário, primeiramente, ser evidente, simples e objetivo. Deve-se dar preferência à ordem direta das frases, ou seja: SUJEITO>VERBO>COMPLEMENTO.

É recomendado também, evitar repetições. Tente sempre buscar sinônimos, pois essa é uma magnífico forma de evitar ser redundante e consequentemente deixar o seu texto mais rico.

Deve-se também, manter a nitidez, essa nitidez engloba uma boa escrita. Analise a maneira porquê você escreve, pois o que pode parecer evidente para você, por já estar avezado com a sua escrita, para um terceiro, pode ser ilegível.

Por último, mantenha a objetividade, faça opção por textos na 3° pessoa. A discursiva para concursos deve ser mais técnica e totalmente impessoal.

Matérias Básicas dos Concursos da Extensão Fiscal

Ao debutar os estudos para a dimensão fiscal, o ideal é iniciar pelas seis matérias básicas da dimensão fiscal. Essas matérias são:

  1. Recta Constitucional;
  2. Recta Administrativo;
  3. Recta Tributário;
  4. Raciocínio Lógico;
  5. Língua Portuguesa; e 
  6. Contabilidade Universal.

As matérias elencadas supra costumam tombar em todos os concursos da dimensão fiscal. São as que mais demandam o tempo de estudo do candidato. Elas possuem teor muito extenso, sendo portanto necessário debutar o estudo delas antes do edital ter sido publicado. Demais, essas matérias servem de pré-requisito para outras matérias que caem nos concursos fiscais, ou seja, o concurseiro deve debutar seus estudos por elas.

Valia das Matérias na Extensão Fiscal

De um modo universal, os concursos dessa dimensão estruturam-se ao volta de um eixo mediano, formado por disciplinas fundamentais, isto é, aquelas exigidas em praticamente todos os concursos estaduais para Fiscal do ICMS e municipais para Fiscal do ISS, sejam elas: Português, Matemática Financeira, Raciocínio Lógico, Recta Tributário, Recta Constitucional, Recta Administrativo, Contabilidade Universal e Legislação Tributária.

Em relação à Legislação Tributária, os textos legais exigem o conhecimento acerca de impostos estaduais (IPVA, ICMS e ITCMD) e municipais (ITBI, IPTU e ISSQN) e de Recta Tributário.

Existem algumas matérias que costumam comparecer em alguns editais, entre elas estão: Auditoria, Contabilidade Pública, Contabilidade Avançada, Estatística, Economia, Governo Pública, Governo Financeira e Orçamentária, Governo Universal, Informática ou Tecnologia da Informação, Recta Penal, Recta Social, Recta Empresarial, etc.

Em regra, quando o Edital desses concursos da dimensão fiscal cobram Tecnologia da Informação, eles não cobram Informática, normalmente fazem a opção por uma delas.

Conciliação entre o concurso do Banco do Brasil e os concursos da Extensão fiscal – verificação entre as matérias

As matérias incluídas nos Conhecimentos Básicos do concurso Banco do Brasil 2021 que também caem nos concursos da dimensão fiscal, são:

  • Língua Portuguesa (sempre é cobrada na dimensão fiscal);
  • Língua Inglesa (cobrada em alguns concursos da dimensão fiscal – ex: Auditor da Receita Federalista);
  • Matemática (normalmente é cobrada nos concursos da dimensão fiscal);

Os Conhecimentos Específicos para o função de Agente de Tecnologia são:

  • Verosimilhança e Estatística (normalmente é cobrada nos concursos da dimensão fiscal);
  • Tecnologia da Informação (normalmente é cobrada nos concursos da dimensão fiscal).

No função de Agente de Tecnologia, 87,5% da pontuação da prova é advinda de matérias que também costumam tombar na dimensão fiscal.

Os Conhecimentos Específicos para o função de Agente Mercantil são:

  • Matemática Financeira (normalmente é cobrada nos concursos da dimensão fiscal);
  • Conhecimentos de Informática (normalmente é cobrada nos concursos da dimensão fiscal);

No função de Agente de Tecnologia do concurso do Banco do Brasil, 57,5% da pontuação da prova é advinda de matérias que também costumam tombar na dimensão fiscal.

Percebe-se, portanto, que a maioria desses concursos públicos exigem muitas matérias em geral, o que permite que sejam conciliados, principalmente para quem está começando os estudos agora, poderia fazer o concurso do Banco do Brasil, começando a estudar essas matérias em geral e posteriormente realizar a transmigração para os concursos da dimensão fiscal.

Espero que tenham gostado do cláusula!

Um amplexo e bons estudos!

Leonardo Mathias

@profleomathias

Cursos e Assinaturas

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/wp-admin/post.php?action=edit&post=554665

https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial#/

Cursos e Assinaturas

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 milénio vagas

Concursos 2021

mais de 17 milénio vagas

.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -