terça-feira, junho 15, 2021

Concurso BNB: Prazo de validade é prorrogado

- Publicidade -

Atenção concurseiros! O prazo de validade do concurso BNB
(Banco do Nordeste), realizado em 2018, foi prorrogado até o dia 16 de outubro de 2023. Agora, a lista de cadastro suplente, que é ampla, poderá ter mais aprovados convocados.

Concurso BNB: prazo prorrogado

A informação da prorrogação do concurso
BNB foi confirmada por meio de edital publicado no Quotidiano Solene da União, nesta quarta-feira (10).

O concurso foi realizado em 2018 e agora seguirá válido até 16 de outubro de 2023, fazendo com que os aprovados no cadastro suplente possam ser convocados em breve. Foram 692 vagas de cadastro suplente oferecidas.

Até setembro de 2019, 102 aprovados haviam sido convocados pelo Banco do Nordeste, um número muro de 13 vezes mais do que os que conquistaram uma vaga imediata (08).

Anteriormente, em 2018, mais de 200 empregados deixaram o banco, devido ao Programa de Incentivo ao Desligamento (PID), com isso, vacâncias foram abertas, o que favoreceu para mais convocações de aprovados no concurso.

Na idade, o diretor de Governo e responsável pela dimensão de Recursos Humanos do Banco do Nordeste, Cláudio Freire, afirmou que mais de 300 oportunidades seriam abertas posteriormente o início do programa.

“Considerando que o BNB tem, a partir de janeiro de 2019, uma expectativa de desligar 300 profissionais e levando em conta outras saídas, devido a falecimentos e desligamentos naturais, e, ou por outra, uma perspectiva de uma revisão da dimensão de Tecnologia, é provável que o cadastro de suplente seja utilizado, ao longo destes quatro anos de validade”, disse o diretor, em outubro de 2018.

Concurso BNB 2018

O concurso
BNB, realizado em 2018, contou com a oferta de um totalidade de 700 vagas, sendo que 08 foram contratações imediatas e outras 692 fizeram secção do cadastro suplente.

Vale lembrar que as oportunidades foram para os cargos de Crítico Bancário (04 imediatas e 496 para CR) e Técnico Técnico/Crítico de Sistemas (04 imediatas e 196 para CR).

A curso de Crítico exigiu nível médio completo uma vez que escolaridade, enquanto a curso de Técnico exigiu o nível superior, nas seguintes áreas:

  • Ciência da Computação;
  • Engenharia (da Computação ou da Informação);
  • Informática;
  • Sistemas de Informações;
  • Tecnologia da Informação;
  • Processamento de Dados;
  • Segurança da Informação; e
  • Tecnologia em Telemática.

O Cebraspe foi escolhido uma vez que organizador do torneio, que contou com provas objetivas e discursivas.

O fiscalização objetivo foi aplicado em sistema de múltipla escolha, tendo os candidatos respondido 120 questões, com a seguinte ramificação:

  • nível médio: Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Bancários e Matemática.
  • nível superior: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Quantitativo e Conhecimentos Específicos (Tecnologia da Informação).

Já as remunerações eram de R$ 2.854,68 (Crítico) e R$ 4.941,17 (Técnico). Ou por outra, os aprovados ainda contaram com os seguintes benefícios:

  • auxílio-refeição;
  • auxílio cesta sustento;
  • 13ª cesta sustento;
  • auxílio-creche;
  • seguro de vida em grupo;
  • participação em projecto de previdência complementar, de forma contributiva;
  • oportunidade de subida e desenvolvimento profissional.

Vale ressaltar também que os aprovados foram lotados para cidades com unidades operadoras e administrativas, nos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Setentrião e Sergipe.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -