terça-feira, maio 11, 2021

Concurso da Alap é suspenso pela 2ª vez em função da pandemia da Covid-19 | Amapá

- Publicidade -

Mais de 39 milénio pessoas se inscreveram para o torneio, que oferece 129 vagas para 28 funções, divididas em nível médio e superior. O edital que prevê a suspensão foi assinada pela manhã, pelo presidente da Lar, deputado Kaká Barbosa (PL).

  • Confira o edital de suspensão do torneio

Em setembro de 2020 foi publicada a lista final de aprovados em nível médio e a relação dos candidatos habilitados para a 2ª temporada, que é direcionada a cargos de nível superior (comentador e jurisconsulto legislativo). Essa lanço estava prevista para suceder no mês de abril, com provas presenciais.

Primeira temporada do concurso foi realizada em fevereiro de 2020, antes da pandemia — Foto: Rafaela Bittencourt/Rede Amazônica

A Alap citou que a percentagem peculiar responsável pela organização do concurso público sugeriu a medida à presidência em seguida reunião na segunda-feira (8), listando uma série de justificativas para a suspensão.

Entre elas está o “cenário de crescente agravamento da pandemia”, que a realização da lanço expõe os candidatos e organizadores da “à potencial risco de contaminação”, e ainda pontuou que quase 50% dos habilitados não são do estado e, portanto, poderia ocorrer uma evasão em função dos riscos durante a viagem.

A própria da Instauração Carlos Chagas, organizadora do torneio que funciona em São Paulo (SP), também apresentou à Alap a urgência de suspensão do concurso público em função da situação da pandemia.

Com a medida, o calendário divulgado em julho de 2020 deixa de ter validade. O novo cronograma só deve ser publicado com antecedência mínima de 60 dias da 2ª lanço do concurso, mas ainda não há uma previsão para isso.

“A suspensão do concurso público vigorará até que sejam plenamente restabelecidas a normalidade do convívio social e as atividades ordinárias nos âmbitos público e privado, por lei das autoridades competentes do Poder Executivo Federalista, dos Poderes Executivos dos Estados do Amapá e de São Paulo e também dos Municípios de Macapá e São Paulo”, indica o edital.

Das 129 vagas, 68 foram destinadas ao nível médio e as outras 61 para cargos de nível superior, com salários variando entre R$ 10 milénio e R$ 11,3 milénio iniciais.

Entre as funções de nível médio estão cargos de assistente administrativo, assistente de segurança, facilitar de transportes, entre outras, com remuneração inicial de R$ 3,8 milénio.

A 1ª temporada do concurso público foi realizada em fevereiro de 2020, antes do primeiro caso da Covid-19 ser confirmado no Amapá. As datas do concurso sofreram alterações por pretexto da quesito sanitária no estado, no termo de março de 2020, há quase um ano.

Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá

ASSISTA aquém o que foi destaque no AP:

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -