Concurso da Defensoria Pública de Goiás abre inscrições nesta segunda-feira (5)

- Publicidade -

A Defensoria Pública-Universal do Estado de Goiás, abre hoje (5) as inscrições para seu concurso público com 47 vagas de ofício. O função oferecido é o de Padroeiro Público de 3ª Categoria. 

Concurso da Defensoria Pública de Goiás abre inscrições nesta segunda-feira (5) (Foto: FDR)

Requisitos para participar do concurso

  • Ser brasílio ou ter nacionalidade portuguesa nos termos da Constituição Federalista;
  • Ter concluído o curso de bacharelado em recta em escola solene ou reconhecida;
  • Estar regular com as obrigações eleitorais e com o serviço militar, se do sexo masculino;
  • Estar em gozo com os direitos políticos;
  • Ter, no mínimo, três anos de atividade jurídica exercida posteriormente a obtenção do intensidade de bacharel;
  • Não possuir condenações criminais ou antecedentes, dentre outros requisitos.

Inscrições no concurso da Defensoria Pública de Goiás

As inscrições devem ser realizadas no site do Concursos FCC, entre os dias 5 de julho até às 14h do dia 6 agosto.

A taxa de letreiro é de  R$ 255,00, que deve ser paga até o dia 6 de agosto de 2021. 

Os interessados em solicitar a isenção do valor podem efetuá-la a partir das 10h do dia 7 de junho de 2021 até às 23h59 do dia 11 do mesmo mês e ano, no site.

Etapas

Os candidatos farão uma prova escrita objetiva prevista para o dia 12 de setembro de 2021; prova discursiva prevista para o período de 13 a 15 de novembro de 2021; prova verbal prevista para o período de 2 a 5 de abril de 2022.

Todas de caráter supressório e classificatório, e por último, a avaliação de títulos de caráter classificatória, tal qual os documentos devem ser enviados no período de 2 a 5 de abril de 2022.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

OPORTUNIDADE

imagem do cartão


Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora


34.787 pessoas já solicitaram

Conteúdos

A prova escrita objetiva será composta de: Recta Constitucional; Direitos Humanos; Recta Administrativo e Recta Tributário; Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública; Recta Social, Recta do Consumidor e Recta Empresarial; Recta Processual Social; Direitos Difusos e Coletivos; Recta da Moço e do Juvenil; Recta Penal; Recta Processual Penal, Recta da Realização Penal e Criminologia.

A prova discursiva será dividida em três partes, que abrangerá os seguintes grupos de matérias: Grupo 1: Recta Constitucional; Direitos Humanos; Recta Administrativo; Recta Tributário e Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública. Grupo 2: Recta Social; Recta Processual Social; Recta Empresarial; Recta do Consumidor e Direitos Difusos e Coletivos. Grupo 3: Recta da Moço e do Juvenil; Recta Penal; Recta Processual Penal; Recta da Realização Penal e Criminologia.

A prova verbal será composta dos seguintes grupos de disciplinas: Grupo 1: Recta Constitucional, Direitos Humanos e Recta da Moço e do Juvenil. Grupo 2: Recta Social, Recta Processual Social e Direitos Difusos e Coletivos. Grupo 3: Recta Penal, Recta Processual Penal e Recta da Realização Penal.

Jheniffer Freitas

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou porquê assessora de prelo da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -