Concurso PC MS oficialmente autorizado. Serão 30 vagas de de…

- Publicidade -

O concurso PC MS para delegados está oficialmente autorizado. O aval foi publicado no Quotidiano Solene do Estado do Mato Grosso do Sul desta terça-feira, 1º de junho.

O documento confirma a oferta de 30 vagas para a curso em questão.

A publicação está assinada pelo governador Reinaldo Azambuja, além da Secretária de Estado de Governo e Desburocratização e do Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública

Confira o documento completo:

Aval do concurso PC MS já havia sido confirmado pelo governo

O aval solene foi publicado alguns dias posteriormente o governador já ter antecipado a autorização. Reinaldo Anambuja, em 27 de maio, confirmou o aval para o concurso de solicitador.

A informação foi transmitida em nota solene divulgada pelo próprio Governo do MS

Na publicação, a Consultoria Legislativa do governo garante que o quantitativo de vagas autorizado respeita o quadro de vacância registrado pela delegacia-geral.

A partir de agora, o governo do Mato Grosso do Sul e a Polícia Social seguirão os trâmites principais para que o edital do concurso possa ser desimpedido o mais rápido provável, porquê diz o governo:

“Com a autorização do governador, as secretarias de Governo e Desburocratização (SAD) e de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) vão iniciar o processo de preâmbulo do concurso, estabelecendo normas e procedimentos para o recrutamento e seleção dos candidatos.”

Uma vez que foi o último concurso PC MS de solicitador?

O último concurso para o função de delta da Polícia Social do Mato Grosso do Sul foi realizado em 2017 e ofertou 210 vagas para delegados e agentes.

De negócio com o função, o concurso foi formado pelas seguintes etapas:

  • Prova Objetiva
  • Prova Discursiva
  • Avaliação Médico-Odontológica
  • Avaliação de Tendência Física
  • Avaliação Psicológica
  • Prova de Títulos
  • Prova Prática de Digitação
  • Investigação Social
  • Prova Verbal
  • Curso de Formação Policial

Na prova objetiva, as disciplinas cobradas para o solicitador foram: Língua Portuguesa, Recta Penal, Recta Processual Penal, Recta Constitucional, Recta Administrativo, Direitos Humanos, Recta Social, Legislação Institucional, Medicina Lícito e Criminologia.

De negócio com o Governo do Mato Grosso do Sul, o edital anterior conseguiu zerar o déficit de delegados no estado. Isso foi provável posteriormente a chegada de 72 novos profissionais do último concurso.

Entretanto, vagaram 30 cargos por conta de exoneração ou falecimento. Por isso, a novidade autorização para suprir a demanda.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -