Concurso PC RN: Mais de 40% de candidatos faltosos

- Publicidade -

A secretária do concurso PC RN
, a Instauração Getúlio Vargas (FGV), divulgou o número de faltosos nas provas objetivas do dia 11 de julho. Foram 46% de inscritos que não realizaram os exames.

Aliás, o número de inscrições foi de 61.042, sendo 32.239 candidatos à vaga de Agente, 24.079 para o missão de Solicitador e 4.724 para Escrivão. Entretanto, com a baixa da meta dos candidatos na disputa, o concurso deve ter outra relação de candidato por vaga.

Demais, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas. Foram exames de múltipla escolha com 100 questões. As disciplinas cobradas foram diferentes para Solicitador e Agente e Escrivão, veja a seguir:

Agente e Escrivão

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico-Matemático;
  • Noções de Informática, Governo, Contabilidade;
  • Noções de Recta Constitucional, Recta Penal, Processual Penal, Legislação Extravagante, Administrativo e Medicina Permitido.

Os aprovados serão os candidatos que acertaram no mínimo, 50 questões. Aliás, as provas para Solicitador aconteceram no último domingo, 18 de julho, e cobraram:

  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante;
  • Medicina Permitido;
  • Criminalística;
  • Criminologia;
  • Recta Constitucional, Penal, Processual Penal;
  • Recta Financeiro e Tributário, Administrativo, Ambiental.

Os aprovados ainda realizarão uma avaliação física (exceto para Escrivão) ou Prova Prática (somente para Escrivão), Vistoria Psicotécnico e Curso de Formação.

Investigação de Fraude no concurso PC RN

A princípio, o Ministério Público do Rio Grande do Setentrião, instaurou um procedimento preparatório, para apurar fraudes durante as provas.

Nesse sentido, um candidato no dia, foi recluso em flagrante tentando fraudar a seleção, com tentativa de cola eletrônica. O reporte foi feito pela FGV.

O presidente da percentagem próprio do concurso público
, foi solicitado pelo MP RN para investigar com urgência:

  • Procedimentos adotados pela percentagem para fiscalização das provas;
  • A localização das provas para Solicitador, para que pudessem ter feito uma melhor checagem de segurança.

Apesar disso, a instituição disse que o concurso
segue normalmente e reforça a transparência da PC RN com a sociedade, e principalmente com os candidatos.

“[…]caso sejam verificadas quaisquer outras práticas ilícitas, as medidas administrativas e criminais necessárias serão adotadas, com a responsabilização do(s) responsável(es)” esclareceu a Polícia Social do RN.

Aliás, nas redes sociais houve um choque de informações por secção dos candidatos. De um lado, alega que o fiscalização ocorreu de conformidade com as regras, de outro lado, que não havia detector de metais ou revista antes da ingresso nas salas.

Mesmo assim, a PC RN garantiu que a instituição estava em todos os locais das provas, para prometer a lisura do torneio e prevenção à fraude.

Edital concurso PC RN

Em primeiro lugar, vale lembrar que a Polícia Social do Rio Grande do Setentrião ofertou 301 vagas imediatas. Os cargos são para nível superior.

Ainda, no caso de Solicitador, o candidato precisa ter bacharel em Recta. Também, é exigida de todos os candidatos a CNH com categoria “B”.

Aliás, os salários passaram por reajustes, em maio de 2020. Isso quer expressar que o salário inicial agora vai de R$ 4.731,91 a R$ 16.670,59 dependendo do missão. Com progressões na curso, o salário pode chegar a R$ 10.468,63 e R$ 25.632,97 respectivamente.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -