terça-feira, abril 20, 2021

Concurso PGE AL: Percentagem formada

- Publicidade -

Atenção concurseiros! Foi divulgada nesta semana, pela Procuradoria-Universal do Estado de Alagoas, os nomes que formarão a percentagem organizadora do concurso PGE AL
para Procurador.

Concurso PGE AL: nomes escolhidos

A percentagem do concurso PGE de Alagoas
reúne quatro servidores e um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na elaboração do grupo. Confira os nomes:

  • Evandro Pires de Lemos Júnior, membro do Parecer Superior da Procuradoria Universal do Estado, porquê titular e que a presidirá;
  • Sérgio Henrique Tenório de Sousa Bomfim, membro do Parecer Superior da Procuradoria Universal, porquê titular;
  • Alysson Paulo Melo de Souza, membro do Parecer Superior da Procuradoria Universal, porquê titular;
  • Luís Fernando Demartine Souza, Procurador de Estado, porquê titular, em substituição ao Procurador de Estado Coordenador do Meio de Estudos, impedido para atuar na Percentagem;
  • Helder Gonçalves Lima, OAB-AL 6.375, representante da Ordem dos Advogados do Brasil, porquê titular.

Concurso PGE AL: bancas na disputa

O concurso PGE AL foi autorizado no dia 28 de janeiro, conforme consta no Quotidiano Solene do Estado e é visto porquê urgência pelo órgão.

Formada a percentagem, agora o torneio secção para a período de escolha da mesa. Na disputa estão as empresas Cebraspe, Instalação Carlos Chagas (FCC), Instalação Vunesp e Idecan, que manifestaram interesse em organizar o concurso.

O regulamento do concurso já foi publicado pela Procuradoria-Universal do Estado de Alagoas
. Os interessados nas vagas deverão possuir formação superior em Recta e registro regular porquê jurista na Ordem dos Advogados do Brasil.

Ao todo, o órgão conta hoje com 37 cargos vagos para Procurador, no Estado, o que está sobrecarregando o trabalho dos servidores, além de impactar a qualidade dos serviços prestados à população.

Provas do concurso PGE AL

Os candidatos inscritos na seleção serão avaliados por meio de provas que serão organizadas pela Secretária Examinadora, observando o teor programático das disciplinas constantes da Solução. Serão:

  • prova prefacial (objetiva) – supressório e classificatório;
  • provas escritas (teórica e prática) – supressório e classificatório;
  • prova vocal – supressório e classificatório;
  • prova de títulos – classificatório.

A prova objetiva será composta de várias questões, abrangendo as seguintes disciplinas:

  • Recta Constitucional;
  • Recta Financeiro;
  • Recta Administrativo;
  • Recta Social e Empresarial;
  • Recta Processual Social;
  • Recta Tributário;
  • Recta do Trabalho;
  • Recta Processual do Trabalho;
  • Recta Previdenciário;
  • Recta Ambiental.

As provas objetiva, discursivas e vocal valerão um totalidade de 100 pontos. Entretanto, na prova objetiva serão considerados habilitados os candidatos que conseguirem nota igual ou superior a 60 pontos.

Último concurso PGE AL

Vale lembrar que o último concurso para Procurador foi realizado em 2008, há mais de 12 anos. Segundo a última lista de antiguidade da curso, existem exclusivamente 88 Procuradores em atividade, atualmente.

Na era, o torneio ofereceu 14 vagas imediatas para a classe inicial de Procurador do Estado; uma delas foi direcionada para candidato portador de deficiência.

O concurso teve o vetusto Cespe (atual Cebraspe) porquê organizador. A taxa de matrícula era no valor de R$ 200,00.

O salário ofertado em 2008 foi de R$ 9.496,43, acrescidos mensalmente de parcela correspondente ao aumento escalonado outorgado, na forma da Lei Estadual nº 6.909, de 03 de janeiro de 2008.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -