quinta-feira, agosto 5, 2021

Concurso PM e Bombeiros AM: Emenda garante editais

- Publicidade -

O deputado Roberto Cidade protocolou uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para prometer que os Concurso PM
e Bombeiros AM
aconteçam.

Cidade, que é presidente da Câmara Legislativa do Amazonas
(Aleam), destacou a premência de novos concursos na dimensão da Segurança Pública para o Estado.

A Polícia Militar não faz concurso público há dez anos. Muitas cidades do interno, infelizmente, não têm policiamento suficiente para suprir a demanda da população. Da mesma maneira, o Corpo de Bombeiros não realiza concurso público desde 2010. A emenda é para que o recurso seja especificado na Lei Orçamentária e o estado, obrigatoriamente, promova o concurso”, disse o deputado.

Nos últimos dias, o Amazonas sofreu bastante com esse deficit na Segurança, pois uma organização criminosa fez diversos ataques a patrimônios públicos e a Força Vernáculo precisou intervir por conta da falta de policiais.

A verba prevista na LDO para o Estado do Amazonas é de R$ 21,7 bilhões e os deputados têm até dia 30 de junho para apresentar suas emendas para esse orçamento.

Concurso PM AM é esperado desde 2018

A dimensão de Segurança Pública, em 2018, teve uma autorização para preencher mais de 1.000 vagas na Polícia Social
e na Polícia Militar do Amazonas
.

Porém nenhum dos dois editais chegou a ser publicado por conta de falta de verba.

Do totalidade de vagas, 681 seriam para a PM AM e 424 seriam para a PC AM. O Corpo de Bombeiros também entrou na lista de seleções previstas, com 228 oportunidades, porém nem os cargos da corporação foram divulgados.

No entanto, o Governador do AM projetou os editais da PC AM e da PM AM neste mês de junho, o que eleva as expectativas de novas seleções acontecerão de indumento.

O Governador, Wilson Lima, se mostra favorável
a novos certames desde 2020, mas reconhece as limitações orçamentais do Estado.

Já é alguma coisa planejado. Logo que o Amazonas tiver condições, vamos realizar os concursos públicos (PC AM e PM AM). Trabalhamos com a possibilidade de fazer isso no ano que vem (2021), ainda no primeiro semestre, mas vai depender muito de uma vez que a economia vai se comportar e a situação fiscal do estado”, alegou Lima durante a cerimônia de inauguração da Delegacia Especializada em Combate à Prevaricação (Deccor) no ano pretérito.

Nenhum edital foi anunciado ainda, porém o Ministério Público do Amazonas (MPAM) recomendou que novas seleções sejam realizadas, ao menos para a PC AM, dentro de um ano.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -