sexta-feira, junho 25, 2021

Concurso Polícia Federalista: Gabaritos divulgados amanhã

- Publicidade -

As provas do concurso Polícia Federalista
aconteceram no último domingo, 23 de maio, em meio a muitas polêmicas e riscos de suspensão.

A prova ocorreu normalmente na maioria dos Estados do Brasil
e o gabarito prévio deve ser publicado amanhã pela mesa organizadora.

O gabarito estará disponível somente individualmente, ou seja, cada candidato deverá acessar sua página no site da organizadora
para poder verificar as respostas preliminares.

Os concorrentes poderão, ainda, entrar com recurso contra a correção caso não concorde com alguma resposta.

O prazo para recorrer será nos dias 26 e 27 de maio, de harmonia com o cronograma da seleção da Polícia Federalista
.

Para realizar esta ação, o candidato deverá acessar a página Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso, que se encontra o site da organizadora.

A única forma de recurso aceita será online. Recursos enviados por fax, correio eletrônico ou similares não serão aceitos, assim porquê os que chegarem fora o prazo.

Porquê foi a emprego das Provas do Concurso Polícia Federalista?

As avaliações da PF ocorreram de forma tranquila, sem maiores problemas relacionados a aglomerações, por exemplo.

Os portões foram abertos duas horas antes da emprego dos exames a termo de evitar as aglomerações na ingressão. No Rio de Janeiro, no entanto, a concentração de pessoas ocorreu na hora da saída do concurso.

Em Rondônia, as reclamações se deram por conta do demora de, aproximadamente, duas horas. Enquanto alguns candidatos deixavam o lugar de prova em outros Estados, em Rondônia os inscritos para o missão e Procurador começavam a realizar o examinação.

Sobre esse demora, o Cebraspe se manifestou e justificou dizendo que o problema aconteceu com o transporte das provas, mas que os candidatos não foram prejudicados.

O teor das provas de Escrivão e de Papiloscopista foi basicamente o mesmo e incluiu:

  • Língua Portuguesa;
  • Recta Administrativo;
  • Noções de Recta Constitucional;
  • Noções de Recta Penal e Recta Processual Penal;
  • Legislação Privativo;
  • Estatística;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática; e
  • Contabilidade Universal.

A prova dos Papiloscopistas teve, ainda, questões sobre Arquivologia.

As provas dos Delegados foram divididas em duas partes: a Objetiva aconteceu de manhã e a Discursiva aconteceu durante a tarde.

A Objetiva teve 120 questões sobre os assuntos:

  • Recta Administrativo;
  • Recta Constitucional;
  • Recta Social;
  • Recta Processual Social;
  • Recta Empresarial;
  • Recta Internacional Público e Cooperação Internacional;
  • Recta Penal;
  • Recta Processual Penal;
  • Criminologia;
  • Recta Previdenciário;
  • Recta Financeiro e Tributário.

Todos os cargos tiveram provas Discursivas que variaram de harmonia com a curso.

Para os cargos de Escrivão e Papiloscopista, a Prova Discursiva se resumiu a realização de um texto dissertativo de até 30 linhas.

Já para os Delegados, tiveram de responder 3 questões dissertativas e elaborar peça profissional.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -