quinta-feira, maio 6, 2021

Concurso TCDF: entrevista com aluno ratificado

- Publicidade -

Quais perguntas você faria a um dos aprovados para o missão de Auditor do concurso TCDF? Certamente sobre material utilizado, principais dificuldades e rotinas de estudos não é mesmo?

Essas e muitas outras perguntas foram feitas pelo professor Jetro Coutinho a Lucas Cajado, aluno ratificado em 6ª colocação, em entrevista ao vivo no ducto do Direção.

O concurso ainda não divulgou seu resultado final e está na tempo prévio das discursivas, mas o Lucas está com uma ótima nota e porquê diz o próprio Jetro “agora não é mais questão de se vai, e sim questão de quando ele vai entrar no TCDF”.

Lucas Cajado é um fortalezense de 30 anos, formado em Recta e começou a estudar para concursos em 2015, no último ano da graduação. Em 2016 passou no Sefaz Maranhão e estava lá desde logo.

Quando perguntado sobre a mudança de espaço, diz: “Eu acho que é um tanto que está se tornando tendência, né? a galera focar na base das duas e tentar conciliar”, mas não pense você que ele fez todas as provas que apareceram pela frente. Na verdade, o critério de decisão é afinidade com as matérias.

“Você não pode permanecer mudando de espaço de concurso ou escolhendo fazer o concurso porque simplesmente ele apareceu. Você tem que ter essa percepção se você pode chegar competitivo.”

Ele sabia que os concursos TCDF e TCU eram os melhores na espaço, e resolveu focar no TCDF. Já tinha afinidade com recta por conta da graduação, mas teve que praticamente zerar editais em outras matérias porquê economia, por exemplo. O dilação do concurso permitiu melhor aproveitamento.

Concurso público TCDF- Ciclo de estudos

Ele conta que estudava de três horas e meia a quatro horas pela manhã e em média duas horas à noite, em que reservava para treinar discursiva.

“No termo de semana eu nem acelerava tanto porque eu já me conheço, eu sei que se eu vencesse 8 horas eu ia permanecer muito cansado para o dia seguinte. Portanto eram umas 35 horas por semana. Eu me forçava a ser produtivo nesse espaço de tempo que eu tinha, que era das 19h às 21h. Eu já estava cansado, se eu pegasse para estudar do zero, eu já tinha percebido que não rendia tanto.”

Estudos durante a pandemia

A pandemia afetou muitos concurseiros e estar emocionalmente muito é muito importante para uma boa preparação. O Lucas também foi atingido por isso, mas segundo ele o segundo semestre de 2020 foi decisivo para sua preparação.

A história do Lucas daria muitos artigos, já que ser ratificado por um concurso público tão concorrido, em meio a uma pandemia, não é fácil.

Neste cláusula você teve o resumo da entrevista com o 6° posto do concurso público TCDF. Você pode seguir mais detalhes dessa conversa na entrevista ao vivo: 

Entrevista ao vivo com 6° posto do concurso TCDF

Já que você chegou até cá, quero te dar uma dica. Você sabia que pode receber todas as notícias sobre esse concurso, em primeira mão?

O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias voltadas para a espaço de controle. Clique cá e participe!

É evidente que ter um material seco e focado no edital faz toda a diferença. Principalmente para pessoas, que assim porquê o Lucas, dividem o tempo e estudos com trabalho. Pensando nisso, o Direção Concursos preparou uma grande oportunidade para você:

Assinatura Ilimitada

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais destro, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma novidade experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -