Concurso TJ RJ da dimensão de suporte tem mudança na percentagem orga…

- Publicidade -

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro alterou a percentagem organizadora dos concursos TJ RJ para técnicos e analistas judiciários. A novidade formação do grupo foi publicada no Quotidiano da Justiça Eletrônico desta sexta-feira, 9.

A desembargadora Margaret de Olivaes Valle dos Santos assumiu a presidência do grupo. Por mais que o tribunal não tenha justificado a mudança na percentagem, o ato mostra que o TJ mantém os preparativos do concurso.

Desde março de 2020, a seleção para dimensão de suporte do tribunal está suspensa em decorrência da pandemia do Coronavírus. Com o progressão da vacinação no estado e subtracção dos casos, a expectativa é que o concurso seja retomado em breve, com novo cronograma e reabertura das inscrições.

O novo presidente do TJ RJ, desembargador Henrique Figueira, já sinalizou a intenção de retomar o concurso. Durante coletiva de prelo sobre sua posse, em fevereiro, ele disse que dará curso aos concursos abertos pelo tribunal.

Ou seja, para ingresso de técnicos e analistas judiciários (dimensão de suporte) e para juízes substitutos. Segundo o novo presidente do TJ, já foram realizadas conversas com as bancas organizadoras para divulgação de novos cronogramas. 

Concurso TJ RJ tem oferta de vagas para técnicos e analistas
judiciários (Foto: Divulgação)

“Vamos dar curso para os concursos. Já conversei com a secretária para liberar o concurso. Tivemos o Enem. É provável empregar as provas. Mas, temos que ver com o CNJ (Juízo Pátrio de Justiça) a possibilidade de liberarmos o concurso”, destacou.

O concurso para magistratura, por exemplo, já teve novo cronograma divulgado. As provas escritas foram remarcadas para o próximo domingo, 11 de julho.

Essa emprego dos exames deve servir porquê teste e termômetro para que o Poder Judiciário avalie se é o momento adequado para retomar o concurso para técnicos e analistas.

Turbine sua preparação para o concurso TJ RJ

Com motivos apontando a volta do concurso TJ RJ, os candidatos devem intensificar a preparação para as provas. Para ajudar nesse processo, Folha Dirigida lançou o grupo ‘Prepara TJ RJ’. 

São oferecidos materiais gratuitos e três transmissões ao vivo exclusivas sobre curso, materiais e o que estudar para o concurso do TJ do Rio.

O grupo procura preparar e trazer o conhecimento sobre o missão de “Técnico Judiciário sem especialidade”. O pormenor é que todo material é GRATUITO!

Participe do grupo Prepara TJ RJ: 

Concurso TJ RJ oferece 160 vagas para técnicos e analistas

Em fevereiro de 2020, foi publicado o edital do concurso TJ RJ para dimensão de suporte. Ao todo, estão disponibilizadas 160 vagas imediatas, sendo 85 são técnico judiciário, curso de nível médio.

As demais 75 oportunidades são para crítico judiciário, que tem porquê requisito o nível superior em áreas específicas. Em março, depois do aumento de casos de Coronavírus no Estado, o tribunal suspendeu o concurso.

Desde portanto, não foi informado um novo cronograma para o processo seletivo. O Cebraspe é a secretária organizadora. 

Na retomada do concurso, a estrutura de provas e as disciplinas serão mantidas. Todos os candidatos serão avaliados por provas objetivas com 60 questões, das quais 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos.

Somente os concorrentes a crítico judiciário ainda passarão por provas discursivas. A lanço consistirá na elaboração de um texto a saudação de temas relacionados aos conhecimentos específicos de cada especialidade. 

Aprovados no concurso TJ RJ terão salários de até R$10 milénio

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aumentou, em maio deste ano, os valores dos benefícios concedidos aos servidores.

O auxílio-alimentação, por exemplo, passou de R$1.290 para R$1.440. Já o auxílio-locomoção foi de R$18 para R$20 por dia. Os valores foram confirmados à Folha Dirigida pela Assessoria de Prensa do TJ do Rio.

A partir disso, as remunerações iniciais dos servidores do TJ RJ serão:

Técnico judiciário (nível médio): R$5.750,06, sendo R$3.870,06 de vencimento essencial, R$1.440 de auxílio-alimentação e R$440 de auxilio locomoção (R$20 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Exegeta judiciário (nível superior): R$8.253,89, sendo R$6.373,89 de vencimento essencial, R$1.440 de auxílio-alimentação e R$440 de auxilio locomoção (R$20 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Exegeta – Realização de Mandados – Solene de justiça (nível superior): R$10.166,05, já que esses servidores recebem também a Gratificação de Atividade Externa (GAE), que representa 30% sobre o vencimento oferecido ao missão (R$1.912,16).

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -