segunda-feira, junho 14, 2021

Concurso TJ RS: Edital pode transpor em breve

- Publicidade -

Durante reunião da Câmara Legislativa do Rio Grande do Sul, os Desembargadores do Tribunal de Justiça RS, afirmaram que um novo concurso TJ RS
pode ter edital publicado se o Projecto de Carreiras for sancionado.

O Desembargador Jorge André Pereira Gailhard, afirmou que o projecto de carreiras precisa ser sancionado para a contratação de novos servidores.

“Estamos aguardando a estudo e aprovação do projeto para realizar concurso e preencher essas vagas. O mais importante de tudo é que o beneficiário final será o cidadão gaúcho. Com o Judiciário estruturado, será verosímil prestar serviços ainda mais céleres e eficientes” declarou na reunião.

Outrossim, mudanças estão a vista para a publicação do novo edital. Um dos pontos é a diferença de nível médio para nível superior em Recta para o missão de Solene de Justiça.

Demais, o projeto deve trazer a gratificação de risco de vida no salário base, e aumento do auxílio transporte.

O missão de Solene de Justiça Classe O, será agora chamado de Solene de Justiça Estadual, e o salário inicial sofreu um reajuste e foi para R$ 6.361,94.

Último concurso TJ RS

A princípio, com edital publicado
em 2014, e organizado pela FAURGS, o concurso público
trouxe a oportunidade de 133 vagas para as carreiras de Solene de Justiça e Assistente Social Judiciário. Dessas vagas, foram reservadas 10% para pessoas com deficiência.

Outrossim, jornada de trabalho é de 40h semanais. E o salário inicial varia de R$ 5.473,90 a R$ 8.326,12 podendo ter progressões durante a curso e ainda com benefícios.

Desse modo, as provas foram realizadas nas seguintes cidades do RS: Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Prazenteiro, Santa Maria e Santo Ângelo.

A taxa de letreiro para o concurso
foi de R$ 64,00 para Solene e de R$ 145,00 para Assistente. Também foi concedida a isenção de taxa para as pessoas com deficiência.

O concurso foi constituído de unicamente uma lanço, sendo a prova objetiva, com 80 questões e de caráter supressório e classificatório. As disciplinas cobradas foram:

  • Língua Portuguesa;
  • Conhecimentos Específicos;
  • Tópicos de Legislação;
  • Microinformática.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -