quinta-feira, agosto 5, 2021

Concursos PC RO, PM e CBM: crédito orçamentário é liberado

- Publicidade -

O Governo de Rondônia liberou crédito suplementar para a realização de novos concursos na superfície da Segurança. Desta forma, os três editais previstos no estado ganham força. São eles:

Conforme lei publicada na última quarta-feira, 23, no Quotidiano Solene do Estado, Fica criada no Orçamento Anual deste ano 2021, assim uma vez que no Projecto Plurianual do Estado (2020-2023), o Programa 0008, que prevê:

“Realização de concursos públicos e processos seletivos, na unidade orçamentária do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp)”.

Com o crédito liberado, fica reservado o orçamento para a buraco das seleções. Desde maio, a Secretaria de Estado da Segurança, Resguardo e Cidadania de Rondônia conta com uma percentagem organizadora para os concursos da Segurança.

Ao que tudo indica, será escolhida uma secretária organizadora para as três seleções. No entanto, o Governo do Estado ainda não deu mais detalhes sobre o processo.

Dos concursos supra, unicamente o da Polícia Social RO tinha uma percentagem formada desde fevereiro deste ano.

Saiba uma vez que serão os concursos PC, PM e Bombeiros RO

Concurso Polícia Social RO

Ao todo, o concurso da Polícia Social de Rondônia contará com 379 vagas mais cadastro de suplente, que serão distribuídas pelas seguintes carreiras:

  • representante (dez vagas);
  • médico legista (dez);
  • agente de polícia (175);
  • escrivão de polícia (120);
  • papiloscopista (50); e
  • técnico em necropsia (14).

Para concorrer, será preciso ter o nível superior completo. Segundo a corporação, todos os cargos possuem jornada de 40 horas, com dedicação exclusiva.

De contrato com a PC RO, o edital está previsto para o segundo semestre deste ano, sendo assim, a partir de julho.

Conforme os dois últimos concursos realizados pela instituição, em 2009 e em 2014, os candidatos devem ser avaliados por meio de provas, fiscalização de títulos e frequência e aprovação no curso de formação da Ateneu de Polícia, além de outras etapas mediante solução.

“Uma vez que é o caso do Teste de Capacidade Física (TAF). Para os cargos de representante de polícia e médico legista, sucederam-se ainda prova vocal”, disse a PC RO.

Ainda conforme a instituição, as promoções da atividade da PC ocorrem de quatro em quatro anos de efetivo tirocínio pelos critérios de antiguidade (maior tempo de efetivo tirocínio na classe) e merecimento (mostra positiva durante a sua permanência na classe).

Concursos PM, PC e Bombeiros RO têm comissão formada (Foto: Governo de Rondônia)
Concursos PM, PC e Bombeiros RO estão previstos
(Foto: Governo de Rondônia)

Concursos PM e Bombeiros RO

Em dezembro de 2020, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, anunciou a autorização para a realização dos concursos PM RO e Bombeiros RO. Juntas, as seleções oferecerão 28 vagas.

Para o concurso do Corpo de Bombeiros de Rondônia serão abertas oito vagas, sendo cinco para oficiais combatentes, de nível médio, e três para o quadro complementar, com exigência de curso superior nas áreas de Engenharia ou Arquitetura.

Já para a Polícia Militar de Rondônia serão abertas 20 vagas para oficiais combatentes, função que tem o nível superior em Recta uma vez que requisito.

Além da escolaridade, com base nos últimos concursos das corporações, devem ser exigidas:

  • idade entre 18 e 30 anos (civis) ou até 35 anos (militares); e
  • profundidade mínima de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres).

“Nós teremos, para o Corpo de Bombeiros, cinco oficiais combatentes e três para o quadro complementar […] para as áreas de Engenharia ou Arquitetura. Para a Polícia Militar (serão) 20 vagas para oficiais combatentes, que farão o curso em Goiás e não Roraima”, disse o governador sobre o concurso Bombeiros RO.

Os últimos concursos PM RO e Bombeiros RO foram realizados em 2014. Na ocasião, foram oferecidas vagas para soldados e oficiais da Saúde, em ambos os sexos e diversas especialidades.

Com a organização da Instalação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), o concurso teve duas etapas de avaliação

A primeira período foi composta por prova objetiva, redação, estudo de títulos (oficiais), Teste de Capacidade Física (TAF), avaliação psicológica e exames médicos. Já a segunda foi realizada por meio de um curso de formação.

Para os bombeiros do quadro complementar, os ganhos eram de R$5.480,72, enquanto os vencimentos dos oficiais da PM chegavam a R$7.257,28.

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos

Folha Cursos chegou para açodar os seus estudos. Em nossa novidade plataforma, você encontra materiais completos, otimizados e sem enrolação!

Confira a seguir os cursos preparatórios já disponíveis:

Por função

Por curso

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -