Confira 4 aplicativos que imitam cartão de crédito e saiba porquê utilizá-los

- Publicidade -

aplicativo A cada dia, instituições financeiras digitais estão incluindo em seu quadro de funcionalidades, opções para democratizar ainda mais o aproximação a contas e serviços financeiros. Pensando nisso, confira aquém uma lista com quatro aplicativos de crédito para quem não possui cartão.

  1. Jeitto

A plataforma Jeitto disponibiliza crédito aos seus usuários para remunerar boletos, contas e realizar recargas no celular. Ou por outra, com moeda na conta, o cliente pode fazer transferências e assinaturas online.

A utensílio é utilizada porquê um cartão de crédito sem quaisquer taxas de anuidade. Sendo assim, quando o cliente usa o crédito disponibilizado, uma fatura será gerada para ser paga no prazo determinado pela fintech.

O interessado em fazer segmento do grupo de usuários deste aplicativo, deve informar o CPF, número de telefone, e esperar o resultado com a estudo de crédito realizada pela instituição.

De negócio com a fintech, o crédito liberado inicialmente pode ser acrescido com o desenvolver do relacionamento com o cliente. Vale ressaltar que, mesmo que anuidade não seja cobrada, uma certa taxa é aplicada no pagamento de boletos.

  1. Mercado Crédito

O aplicativo Mercado Crédito é uma opção de crédito oferecida pelo Mercado Livre. Ela permite que seus clientes façam compras parceladas pelo site ou aplicativo sem precisar utilizar cartão de crédito. Para usar o serviço, o consumidor precisa estar cadastrado na plataforma e clicar na opção no ato do pagamento da compra.

Ele é válido para compras a partir de R$ 50, com parcelamento de até 12 vezes em boletos mensais. Ou por outra, juros são adicionados as parcelas, mas variam conforme o valor da compra e a quantidade de partilha.

  1. VirtusPay

O VirtusPay é outro aplicativo ideal para quem quer realizar uma compra, mas não possui um cartão de crédito. Para utilizar o serviço, o cidadão precisa produzir uma conta na plataforma e informar alguns dados pessoais, porquê nome completo, CPF, endereço e renda bruta mensal. Vale ressaltar que o parcelamento não é válido para negativados.

Nesta opção, o cliente é quem faz a proposta de crédito. Neste sentido, ele precisa entrar no site de uma das lojas parceiras e gerar um boleto à vista com a quantidade de parcelas desejadas para o pagamento. Depois esse processo, é necessário apender esse boleto no aplicativo juntamente com o documento e pedido da compra. Feito isto, basta esperar a estudo e resposta da empresa em até 24 horas.

As lojas parceiras do VirtusPay são as Casas Bahia, Dafiti, Marisa, Lar & Vídeo, Magazine Luiza, Pontofrio e Shoptime. O serviço permite o parcelamento de até 15x no boleto, para uma compra de no mínimo R$ 150.

  1. Desbankei

Por termo, o Desbankei permite que pessoas ofereçam seu limite de crédito disponível para quem deseja fazer compras parceladas. Desta forma, o crédito disponibilizado aos clientes é fornecido por investidores do Desbankei.

Quando o crédito é liberado pela instituição, o usuário recebe o valor solicitado em sua conta fluente para utiliza-lo em alguma compra específica, na modalidade de débito. A fintech concede o serviço exclusivamente para que está com o CPF regularizado ou com o score insignificante.

Veja também: Nubank: Saiba porquê aproveitar o cartão de crédito com “garantia”

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -