terça-feira, março 2, 2021

Covid-19: Brasil tem média de mortes supra de milénio por 33 dias seguidos, um recorde na pandemia

- Publicidade -

A média traste de mortes por Covid-19 no Brasil manteve-se supra de milénio nos últimos 33 dias, o que representa um recorde desde o início da pandemia. O totalidade de óbitos chega a 247,2 milénio, enquanto o número de casos passa dos 10 milhões desde março de 2020.

Os números são do levantamento do consórcio de veículos de prensa com dados das secretarias estaduais de saúde e foram consolidados às 20h desta segunda (22).

Com 716 mortes por Covid-19 entre domingo e segunda, o Brasil registra 247.276 óbitos, levando a média traste dos últimos 7 dias a contabilizar 1.055 mortes. A variação em relação com a média traste de 14 dias é de +2%, mostrando segurança no número de óbitos.

Desde março de 2020, 10.197.531 brasileiros contraíram o novo coronavírus, sendo que 30.231 desses casos foram confirmados nesta segunda (22). A média traste de casos nos últimos 7 dias foi de 47.374 casos diários, o que representa um aumento de +5% em relação à média traste de 14 dias.

Além do recorde de mais dias seguidos com média de mortes supra de milénio, o Brasil registrou outro recorde durante leste mês: 14 de fevereiro a média de óbitos foi de 1.105, a mais subida em toda a pandemia de Covid-19 no Brasil. Em 2020, a maior média traste de mortes foi registrada em 25 de julho, com 1.097 óbitos.

Doze estados registram subida no número de mortes: RS, SC, GO, AC, PA, RO, RR, BA, CE, PB, PE e RN.

Mortes por Covid-19 nos estados brasileiros

A confrontação inferior leva em conta a média de mortes registrada nos últimos 7 dias em relação à média de 14 dias. Vale lembrar que estados com poucos habitantes tendem a registrar maior variação percentual.

  • Queda (4 estados): MS, AM, TO e SE
  • Firmeza (10 estados e o Região Federalista): PR, ES, MG, RJ, SP, DF, MT, AP, AL, MA e PI
  • Subida (12 estados): RS, SC, GO, AC, PA, RO, RR, BA, CE, PB, PE e RN

Sul

Sudeste

  • ES: +3%
  • MG: -2%
  • RJ: -6%
  • SP: -6%

Núcleo-Oeste

  • DF: +1%
  • GO: +37%
  • MS: -29%
  • MT: -5%

Setentrião

  • AC: +54%
  • AM: -39%
  • AP: -5%
  • PA: +61%
  • RO: +71%
  • RR: +25%
  • TO: -28%

Nordeste

  • AL: +14%
  • BA: +65%
  • CE: +21%
  • MA: +13%
  • PB: +39%
  • PE: +17%
  • PI: -5%
  • RN: +31%
  • SE: -31%

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -