terça-feira, junho 15, 2021

Governo de PE libera realizao do Examinação OAB neste domingo

- Publicidade -
O governador Paulo Câmara atendeu ao pedido da OAB Pernambuco e confirmou que o Examinação de Ordem ocorrerá normalmente neste domingo (13), porquê previsto no edital. O proclamação ocorreu ao final de uma reunião com a vice-presidente da OAB-PE, Ingrid Zanella, no Palácio do Campo das Princesas. Aos sábados e domingos, na atual temporada das medidas de contenção da Covid-19, unicamente atividades autorizadas pelo Governo de Pernambuco podem funcionar.

“Foi uma reunião extremamente positiva, principalmente pelo roupa do governo ter atendido o requerimento da OAB Pernambuco e de confirmar que não há impedimento à realização do Examinação de Ordem. Enfatizamos que a emprego das provas ocorrerá dentro das regras sanitárias e que há milhares de candidatos e candidatos ansiosamente esperando por levante momento”, afirmou Ingrid Zanella.

A vice-presidente da a OAB-PE, entregou ao governador um ofício com as justificativas para a realização da prova, principalmente os atendimentos, por segmento da Percentagem Vernáculo organizadora do Examinação, das regras sanitárias estipuladas pelas autoridades de saúde. Outra justificativa foi que, recentemente, o Estado liberou a realização de concursos públicos presenciais, com os atendimentos às regras sanitárias. A reunião, que ocorreu na segunda-feira (7), também contou com a participação do procurador-geral do Estado, Ernani Medicis.

A Percentagem Vernáculo organizadora havia descartado prorrogação do fiscalização, mas que o caso de Pernambuco estava em estudo em razão da recente edição, pelo governo estadual, de decreto estendendo as medidas restritivas por conta da pandemia. O roupa gerou questionamentos dos candidatos à OAB Pernambuco, principalmente via redes sociais, sobre um provável impedimento à realização do fiscalização em razão deste decreto. “Atuamos pela manutenção da data justamente para não deixar incerteza aos candidatos e candidatas de que haverá fiscalização”, acrescentou Ingrid Zanella.

REQUERIMENTOS
Para o fiscalização no domingo (13), a OAB Pernambuco solicitou à Percentagem Vernáculo organizadora que os/as candidatos/as que não puderem ou não quiserem comparecer à provas, em razão da pandemia, fiquem involuntariamente inscritos para o próximo Examinação de Ordem. Requereu também a ampliação dos locais de emprego de prova. Os dois pleitos estão em estudo pela Percentagem Vernáculo.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -