terça-feira, março 2, 2021

IBGE abre concurso com mais de 14 milénio vagas temporárias para a Bahia; veja porquê se inscrever | Blog do ofício

- Publicidade -

O Instituto Brasílico de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta quinta-feira (17) a realização de concurso público para preencher 14.028 vagas temporárias em todos os 417 municípios da Bahia, para atuar no Recenseamento Demográfico 2021. As oportunidades são para agente censitário municipal agente censitário supervisor e recenseador.

As inscrições para as vagas de agentes censitários municipais e supervisores (ACM e ACS) começam na sexta-feira (19) e vão até 15 de março, exclusivamente pelo site da empresa organizadora da seleção. Na página, estão disponíveis também os editais completos. Os documentos também podem ser acessados pelo site do IBGE. As inscrições custam R$ 39,49.

Já as inscrições para concorrer às posições de recenseador se iniciam em 23 de fevereiro e vão até 19 de março, pelos mesmos sites. O cadastro custa R$ 25,77.

Os salários são de R$ 2,1 milénio para agente censitário municipal, R$ 1,7 milénio para agente censitário supervisor, enquanto a remuneração do recenseador é por produção. [Veja tabela abaixo]

Subdivisão das vagas e remuneração — Foto: Divulgação/IBGE

Será provável remunerar as inscrições em toda a rede bancária (inclusive pela Internet) e em casas lotéricas.

Para todas as funções (agentes censitários e recenseador) há vagas reservadas a pessoas com deficiência e pessoas que se autodeclaram pretas ou pardas, dentro dos percentuais definidos na legislação.

As provas serão realizadas em abril, em todos os municípios onde há vagas disponíveis, seguindo rígidos protocolos de segurança sanitária. A previsão é de que os aprovados comecem a ser chamados para trabalhar em 31 de maio.

Das vagas na Bahia, 2.909 são para em Salvador e 11.119 para o interno. Em Salvador, as inscrições serão por superfície de trabalho. Com isso, o IBGE procura incentivar que moradores dessas áreas atuem nas imediações das suas residências, onde estão mais ambientados e são mais facilmente reconhecidos e acolhidos porquê integrantes da comunidade.

A capital baiana terá 17 áreas ao todo, entretanto o IBGE destaca que ser morador da superfície não é exigência para se inscrever nela. [Confira tabela abaixo]

Áreas de trabalho em Salvador — Foto: Divulgação/IBGE

Os cargos de agente censitário exigem Ensino Médio completo e têm jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os contratados devem trabalhar por um período de 5 meses, podendo ter prorrogação desse prazo se houver premência e recursos orçamentários.

Para o função de recenseador, a escolaridade exigida é o Ensino Fundamental completo. Os recenseadores não têm horário fixo, mas o esperado é que trabalhem pelo menos 25 horas por semana, podendo fazê-lo inclusive em feriados e fins de semana – quando costuma ser mais fácil encontrar as pessoas em vivenda.

Confira mais notícia do estado no G1 Bahia.

Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -