segunda-feira, abril 19, 2021

IBGE vai contratar 6.500 temporários para trabalhar em pesquisas

- Publicidade -
Profissional do IBGE durante pesquisa. Crédito: Simone Mello/Sucursal IBGE Notícias

Termina na próxima sexta-feira (26) o prazo de letreiro em processos seletivos do Instituto Brasílico de Geografia e Estatística (IBGE) com 6.500 vagas temporárias. São quatro editais que vão selecionar profissionais para trabalhar nas pesquisas econômicas e sociodemográficas realizadas mensalmente pelo Instituto. 

O processo seletivo simplificado conta com oportunidades em todos os Estados do país e em mais de 500 municípios. São oferecidas 5.623 vagas para o incumbência de agente de pesquisas e mapeamento (APM), 300 para agente de pesquisas por telefone (APT), 25 para supervisor de pesquisas e 552 para supervisor de coleta e qualidade.

No Espírito Santo são 208 vagas, sendo 189 para APM e 19 vagas para supervisor de coleta e qualidade nas seguintes cidades: Vitória, Vila Velha, Serra, São Mateus, Linhares, Guarapari, Colatina, Cariacica, Cachoeiro de Itapemirim e Jubiloso. 

As inscrições são feitas pela internet. Os interessados devem se candidatar nos sites do Cebraspe e do IBFC, bancas organizadoras pelos processos.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração de até um ano, podendo esse prazo ser prorrogado, desde que o prazo totalidade não ultrapasse três anos, de pacto com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

Quadro geral: seleção do IBGE

Para concorrer à função de supervisor de pesquisas, com remuneração de R$ 5.100,00, o candidato deve ter ensino superior completo. Já para as demais funções, cuja remuneração varia de R$ 1.345,00 a R$ 3.100,00, é exigido o ensino médio completo.

Para o incumbência de Agente de Pesquisas por Telefone (APT), além do nível médio, o candidato deve ter experiência comprovada de pelo menos um ano em teleatendimento/telemarketing.

520 cidades com chances para agente de pesquisas

A função de agente de pesquisas e mapeamento tem remuneração de R$ 1.387,50 e jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Há 5.623 vagas disponíveis para esta função, distribuídas em 520 municípios em todos os Estados brasileiros.

As inscrições têm taxa no valor de R$ 33,98. O candidato poderá optar pelo município em que deseja concorrer à vaga e também aquele onde realizará a prova, dentre as opções disponíveis. Veja as vagas por Estado:

Seleção do IBGE: Vagas para agente de pesquisas e mapeamento
Seleção do IBGE: Vagas para supervisor de coleta e qualidade

O candidato precisa ter ensino médio completo, mas nenhuma experiência profissional é exigida. Entre as atribuições do incumbência estão a visitação a domicílios e estabelecimentos, em locais selecionados de pacto com o tema a ser pesquisado, para a coleta de dados visando à realização de pesquisas de natureza estatística.

Ele irá agendar e realizar entrevistas presenciais ou por telefone, registrando os dados em questionários, além de dar suporte à atualização dos levantamentos geográficos que estruturam a realização das pesquisas, entre outras atividades.

PROVAS

A prova objetiva será aplicada nos municípios onde há vagas, no dia 2 de maio, das 13h às 17h.

Os conteúdos cobrados nas questões serão de Língua Portuguesa, de Matemática e Raciocínio Lógico, de Moral no Serviço Público, de Noções de Informática, de Noções de Governo e Situações Gerenciais e de Geografia.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso teor, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido provável

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -