terça-feira, junho 15, 2021

João Azevêdo anuncia ampliação de vagas de estágios para programa Primeira Chance • Paraíba Online

- Publicidade -

Fotos: Francisco França

O governador João Azevêdo lançou, nesta quarta-feira (26), durante live nas redes sociais do Governo da Paraíba, a edição 2021 do programa Primeira Chance, que vai oferecer 670 bolsas, com valores que variam de R$ 300,00 a R$ 1.000,00.

Na ocasião, o superintendente do Executivo estadual também anunciou a ampliação do programa para mais 24 municípios da Paraíba, contemplando ao todo 46 cidades, com oportunidades disponibilizadas em 68 escolas da Rede Estadual de Ensino e com a parceria de muro de 200 empresas que devem receber os alunos em seus quadros profissionais. O evento virtual contou com a participação de Luiza Trajano, presidente do Recomendação de Governo do Magazine Luiza.

Na oportunidade, o superintendente do Executivo estadual ressaltou a valor do programa Primeira Chance para a oferta de oportunidades e de um porvir promissor para os jovens da Paraíba.

“O melhor caminho é o do estudo, o do ocupação e foi esse o caminho que decidimos seguir no estado. Se há um tanto que nos deixa esperançosos em relação ao porvir, é vermos jovens cheios de ânimo e de disposição para construírem suas carreiras profissionais. São nos jovens que depositamos nossas melhores expectativas e renovamos a certeza de que é provável sempre ter um amanhã melhor do que o hoje”, frisou.

Ele também ressaltou as ações do governo para atrair novos investimentos e a geração de ocupação e renda.

“A Paraíba tem se engrandecido no Nordeste na geração de saldos positivos de ocupação, resultado da nossa capacidade de investir e de receber investimentos, uma vez que o feito pelo Magazine Luiza, que instalou um grande Meio de Distribuição no estado. Nós trabalhamos para fabricar condições favoráveis de negócios e fico muito feliz com mais uma ação exitosa, uma vez que o Primeira Chance”, acrescentou o governador.

A empresária Luiza Trajano destacou o potencial do programa para ampliar o conhecimento e oferecer oportunidades de estágios e de início da vida profissional dos jovens.

“Os pilares de planejamento para o Brasil passam pela saúde, pela ensino e pelo ocupação e esse programa é um marco e uma forma de trespassar da submissão. Eu me dirijo aos jovens para manifestar que eles estão tendo essa oportunidade e é preciso querer para vencer, logo agarrem essa oportunidade, deem o melhor, sem reclamar, sabendo que a vida profissional é uma escada, que você pode subir mais depressa, mas que não se pode pular degrau. Eu cumprimento a todos por esse programa maravilhoso e podem racontar comigo para que possamos ter mais resultados”, declarou. O Magazine Luiza participa do programa Primeira Chance em cinco cidades da Paraíba desde o ano pretérito.

O secretário de Estado da Instrução, Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, evidenciou o fortalecimento e a abrangência do Primeira Chance na Paraíba.

“O estado estará investindo nascente ano mais de R$ 3,3 milhões nesse programa que é prioritário para o governo, tornando jovens aptos para atuarem nas empresas e conquistando a efetividade do ocupação. São pessoas que tiveram a primeira chance e estão no mercado de trabalho, demonstrando a pujança desta iniciativa que foi reconhecida uma vez que um caso de sucesso em empregabilidade da juventude, dentre ações e programas de todo o mundo pelo Youth Voices Brasil, que conta com o suporte do Banco Mundial”, comentou.

Em 2021, os principais editais com vagas para alunos e egressos serão feitos em parceria com o Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC), com o Meio Integrado de Operações Policiais (Ciop), com supermercados de todo o Estado e com empresas de médio e pequeno porte.

Os egressos interessados em estagiar no Ciop e no IPC deverão se inscrever até o dia 9 de junho para concorrer às 80 vagas disponíveis, com bolsas que variam entre R$ 800,00 e R$ 1.000,00. No setor de supermercados estão sendo disponibilizadas 40 vagas e bolsas de R$ 500,00. As inscrições seguem até o dia 4 de junho. Já para os concluintes do 3º ano serão oferecidas 350 bolsas em empresas e 200 bolsas para práticas nas escolas que variam entre R$ 300,00 e R$ 500,00.

O Primeira Chance se destina a alunos concluintes, egressos, ensino de jovens e adultos (EJA) e regular da Rede Estadual de Ensino que desejam ter entrada a uma oportunidade de estágio ou de primeira experiência profissional.

Tanto os estudantes que desejam se cadastrar no Banco de Talentos, quanto as empresas públicas e privadas que demonstrem interesse em receber alunos devem se cadastrar no site http://primeirachance.seect.pb.gov.br/.

O secretário de Estado da Segurança e da Resguardo Social, Jean Nunes, destacou o vitória dos estagiários do programa nas atividades desenvolvidas junto às forças de Segurança.

“Com essa parceria e convívio, nós temos testemunhado depoimentos de jovens que passam a ter uma vez que sonho fazer concursos para ingressar na curso das Polícias Militar, Social, Corpo de Bombeiros. Eles têm prestado um serviço inacreditável e de qualidade e recebemos o feedback da população em relação aos atendimentos que eles prestam pelo 190 ou 193, fazendo os encaminhamentos corretos e contribuindo para a melhoria da prestação de serviços”, falou.

O programa foi criado pelo governador João Azevêdo em abril de 2019 com o objetivo de incentivar a licença de estágio, aprendizagem e primeira experiência profissional para estudantes do Ensino Médio da Rede Estadual de Ensino. Em 2020, o Primeira Chance contou com mais de 130 empresas parceiras e acompanhou 318 estagiários. No ano de sua instituição, o programa contemplou 252 alunos e egressos.

Técnico em Sistema de Pujança Renovável, Miguel Ramalho participou do Primeira Chance e conquistou a efetividade no ocupação.

“O programa foi um divisor de águas na minha vida porque me abriu as portas para o mercado de trabalho e me deu um pontapé inicial muito grande e eu libido fortuna para os próximos estagiários e que tudo dê patente, uma vez que deu para mim”, disse.

“Para a gente é muito gratificante, o impacto é positivo, nós recebemos eles dentro dos protocolos e do que a gente precisa para poder operar no mercado. São todos muito receptivos, têm muito conhecimento, são esforçados e muito muito orientados para ocupar os cargos que ocupam”, elogiou a gerente de hotel, Camila Ribeiro.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -