MA: onze novos Processos Seletivos são disponibilizados

- Publicidade -

Interessados devem se constatar no período de realização das inscrições, pois ele muda de concórdia com o edital

A Secretaria de Estado de Gestão Penitenciária do Maranhão (Seap-MA) anuncia onze Processos Seletivos que visam à formação de cadastro suplente de profissionais a termo de atuarem em várias unidades prisionais.

Os interessados em participar em alguma das seleções devem ter: ensino médio ou profissionalizante, idade mínima de 18 anos completos até a data de matrícula, estejam em dia com as obrigações militares e eleitorais, possuam idoneidade e conduta ilibada a ser aferida em investigação social, tenham predisposição para o manobra das atribuições do missão, dentre outros requisitos que constam nos editais.

As vagas são para o missão de facilitar de segurança penitenciário temporário nas seguintes localidades, de concórdia com cada edital: nº 337/2020 – Grajaú; nº 338/2020 – Caxias; nº 339/2020 – Rosário; nº 340/2020 – Codó; nº 341/2020 – Itapecuru; nº 342/2020 – Pinho; nº 343/2020 – Timon; nº 344/2020 – Coroatá; nº 345/2020 – Itapecuru; nº 346/2020 – Santa Inês e nº 347/2020 – Imperatriz.

Sob jornada de trabalho de 40 horas semanais, os profissionais contratados receberão salário base mensal no valor de R$ 1.500,00.

Matrícula e seleção

As candidaturas serão recebidas, exclusivamente via internet, no site da Secretaria de Estado, sem cobrança de taxa de participação, no período de 24 de novembro até às 23h59 do dia 10 de dezembro de 2020 (horário lugar), exceto para o edital de nº 347/2020, que a data final é 2 de dezembro de 2020.

Estes Processos Seletivos contarão com duas etapas de seleção, sendo elas: estudo curricular e teste de predisposição física; ambas as etapas serão de caráter supressório e classificatório. Caso haja empate, terá preferência o candidato que tiver maior pontuação atribuída em experiência profissional na espaço prisional.

Atribuições

Algumas das atribuições do missão são as seguintes: facilitar o agente penitenciário a realizar a guarda e vigilância interna da unidade prisional, apoiando na ordem, segurança e disciplina; receber e incluir o recluso nas regras e normas da unidade prisional; escoltar e monitorar a movimentação de presos nas dependências internas da unidade prisional e em deslocamentos diversos de concórdia com as determinações legais, encaminhando-os para atendimento nos diversos setores sempre que se fizer necessário; observar as condições de segurança estrutural e disciplinares dos presos em suas atividades individuais e coletivas com a finalidade de detectar problemas e situações anormais, entre outras.

Contratação e validade

O prazo de validade das contratações e dos Processos Seletivos será de seis e 12 meses, respectivamente, contados da data de assinatura e homologação do resultado final, respectivamente, com possibilidade de prorrogação.

Demais informações podem ser obtidas por meio dos documentos oficiais disponíveis para consulta em nosso site.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -