quinta-feira, maio 6, 2021

Notícias da UFSC

- Publicidade -

A Câmara de Graduação da Universidade Federalista de Santa Catarina (UFSC) deu sinal virente para que a Percentagem Permanente do Vestibular (Coperve) comece o planejamento de um vestibular presencial para ingresso no segundo semestre de 2021. A decisão foi tomada durante reunião realizada na quarta-feira, 14 de abril. A Câmara autorizou a Coperve a preparar o concurso de provas presenciais para o preenchimento de 2.050 vagas nos cursos de graduação. A realização efetiva do concurso, no entanto, está condicionada a uma permissão da Percentagem Permanente de Monitoramento Epidemiológico da Universidade, que deverá se pronunciar sobre o tópico no início do mês de julho.

Conforme proposta apresentada pela Coordenadoria Pedagógica da Coperve, o Vestibular UFSC 2021-2 teria algumas mudanças em relação aos concursos realizados nos últimos anos. Uma das principais alterações é a redução de dias de prova de três para dois: 4 e 5 de setembro (sábado e domingo). No primeiro dia seriam quatro horas de prova, com 40 questões das disciplinas de primeira e segunda língua, Matemática e Biologia, porquê ocorre tradicionalmente.

No segundo dia as provas teriam duração de cinco horas, com 40 questões abrangendo as disciplinas de Ciências Humanas e Sociais, Física e Química, além da redação. Para que os candidatos possam dar conta das provas e da redação, além da ampliação em uma hora do horário de provas a Coperve sugere a exclusão das questões discursivas e uma readequação do tamanho das questões, com o objetivo de reduzir o tempo de solução. Essas mudanças aplicam-se somente para esta edição do Vestibular.

Outra proposta é a subtracção do número de obras literárias de leitura obrigatória para somente três, considerando o tempo de leitura e preparação dos candidatos a partir da divulgação dessas obras.

Pandemia

A decisão da Câmara de Graduação não representa a certeza de que o vestibular será efetivamente realizado. A própria decisão do Juízo Universitário que previu a realização de um vestibular presencial para o ingresso no segundo semestre letivo de 2021 ressalvou que ele ocorreria se as condições sanitárias à estação permitissem. Essa avaliação será feita pela Percentagem Permanente de Monitoramento Epidemiológico da UFSC.

A proposta da Coperve inclui uma série de medidas para evitar o contágio pelo novo coronavírus. O protocolo de segurança compreende o uso de máscara por todos os envolvidos (colaboradores e candidatos); a aferição de temperatura corporal na ingressão dos locais de prova; redução do número de candidatos por sala em até 50%; utilização de espaços com ventilação e circulação facilitada; treinamento dos colaboradores na prevenção e cuidados com a saúde; marcação das áreas de prova para promoção do distanciamento social e remodelação de processos de forma a prometer menor manuseio de equipamentos e materiais.

A presidente da Coperve, Maria José Baldessar, explica que a revelação da Câmara neste momento é necessária para que a percentagem possa iniciar o planejamento do concurso. “Temos que pensar nos processos de infraestrutura e na logística do vestibular”, afirma, citando que é necessário elaborar, imprimir e posteriormente repartir as provas, definir e adequar os espaços físicos e também preparar as medidas sanitárias individuais e coletivas, entre outras medidas.

Na reunião da Câmara, a presidente da Coperve ponderou que é desejável a realização do vestibular, pois ele propicia que o aluno ingressante tenha um perfil mais adequado ao que buscam os diversos cursos de graduação da Universidade. Ela também citou que é preciso dar uma opção de ingresso a alunos que concluíram recentemente o ensino médio mas não fizeram o Examinação Vernáculo do Ensino Médio (Enem), que teve grande continência na edição de 2020.

O pró-reitor de Graduação, Daniel Vasconcelos, lembrou que a termo final será da Percentagem Permanente de Monitoramento Epidemiológico. “Queremos preservar o nosso vestibular, que é uma das marcas da Universidade, e ao mesmo tempo essa preocupação que tem norteado a UFSC, desde o início, que é de preservar vidas”, afirmou.

Com a decisão da Câmara de Graduação, a Coperve publicou os programas das disciplinas que serão usados para elaboração das provas e também as obras literárias que farão secção do concurso. Para ajudar os candidatos em sua preparação, a Coperve elaborou uma série de podcasts chamada “Universos Vivos”, na qual especialistas explicam e comentam os livros do Vestibular da UFSC:

Mais informações no site da Coperve

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -