sexta-feira, maio 14, 2021

“Nunca sonhei em ser miss”, diz Mariane Balta, a sul-mato-grossense que venceu o Miss Universo Plus Size · Jornal Midiamax

- Publicidade -

Mariane Balta Andrade tem 35 anos de idade. Formada em medicina veterinária, ela nunca imaginou que sua vida poderia tomar rumos tão diferentes. Procedente de Bela Vista e atualmente residindo em Campo Grande, ela contou ao Midiamax que nunca havia sonhado em ser miss por razão do peso. Mesmo assim, Mariane venceu o concurso mundial Curve Queen Universe e ainda levou para a vivenda o título da primeira brasileira a lucrar a competição. De Mato Grosso do Sul para o mundo, ela mostra todos os dias que os padrões estéticos devem ser repensados.

O mês de abril está sendo um momento muito próprio para a miss, já que, além de vencer o principal concurso voltado para a valorização da venustidade plus size, também completou um ano desde que começou a ingressar na curso.

“Por ser mais gordinha, eu nunca sonhei em ser miss, sabia que não conseguiria, nunca me iludi. Porém, 1 ano detrás me chamaram para tirar foto de roupa em loja e foi se desenvolvendo”, contou Mariane. Desde portanto, ela chamou a atenção da organizadora do concurso no Brasil.

Por mais que as mudanças tenham sido repentinas, Mariane batalhou ainda mais para invadir os novos objetivos. Portanto, foi escalada para participar do Curve Queen Universe, realizado nesta última semana em Punta Cana, entre os dias 21 e 25 de abril. Ontem (26), Mariane foi coroada a vencedora do concurso e recorda o quanto suas raízes contribuíram para levar a sua núcleo ao palco.

“Eu trouxe pra cá muito foco e formalidade, eu estava achando que esse poderia ser o meu momento, portanto eu quis também mostrar um pouco do meu Estado, da minha cultura, já que a gente não é o meio do Brasil, mas a gente também pode nascer tanto quanto. Por isso, eu escolhi homenagear o Pantanal, o varão pantaneiro”, comenta a protótipo.

Ela também já conquistou o Miss Plus Model na categoria Plus Mais em janeiro deste ano, durante evento online. Para Mariane, seguir por esse caminho significa ter ainda mais voz para que outras meninas encontrem representatividade nos concursos de venustidade.

“Para mim foi muito importante, simboliza a representatividade, o empoderamento feminino e eu poder ajudar outras meninas com curvas a aceitarem mais o seu corpo. O sentimento que me descreve é a gratidão”.

Curve Queen Universe

O concurso Curve Queen Universe acontece anualmente, normalmente em uma cidade da república dominicana.

Há 4 anos sendo realizado, trata-se de um concurso novo que procura valorizar e regularizar diferentes corpos plus size, uma vez que a sociedade anda voltando os olhares à quebra de padrões de venustidade. Portanto, é um concurso de extrema representatividade.

Concurso Curve Queen Universe 2021 (Foto: Reprodução/Instagram)

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -