terça-feira, junho 15, 2021

O que estudar para o concurso Sefaz RR?

- Publicidade -

O concurso Sefaz RR
 (Secretaria da Herdade de Roraima) ainda está no processo de escolha da secretária organizadora, que é a última lanço para publicação do edital. Entretanto, concurseiros já podem iniciar os estudos, por isso, citamos aquém o que estudar para as provas do torneio.

Concurso Sefaz RR: quatro bancas na disputa e edital em breve

Ao todo, 4 bancas seguem na disputa para organizar o concurso Sefaz de Roraima
. As propostas foram recebidas até 20 de maio. São elas:

  • Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Pátrio);
  • FGV (Instalação Getúlio Vargas);
  • FCC (Instalação Carlos Chagas);
  • Cebraspe (Meio Brasílico de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos).

Vale ressaltar que o edital está previsto para o 1º semestre, entretanto, o processo ainda está em curso e deve ser cândido unicamente no 2º semestre, em julho.

Porquê serão as etapas concurso Sefaz RR?

O Projeto Essencial
 do concurso Sefaz de Roraima já foi disponibilizado e conta com algumas informações prévias sobre a seleção, porquê as etapas e disciplinas do torneio.

Os candidatos serão avaliados por meio de Prova objetiva (eliminatória e classificatória) e um curso de treinamento (supressivo). Ambas etapas serão realizadas em Boa Vista, capital de Roraima.

De tratado com o documento, a prova objetiva contará com os seguintes conteúdos programáticos e disciplinas:

  • Recta Tributário e Legislação Tributária;
  • Recta Constitucional,
  • Recta Administrativo,
  • Recta Social,
  • Recta Penal e Mercantil;
  • Contabilidade Universal, Mercantil, de Custos e Pública;
  • Economia, matemática e estatística;
  • Português.

Por outro lado, o conteúdo programático do curso de formação será:

  • Recta Tributário e Recta Penal – fardo horária totalidade de 24 horas: Abordagem genérica do Recta Tributário Brasílico, com ênfase na conhecimento tributária estadual e Recta Tributário Penal, com ênfase nos crimes contra a ordem tributária;
  • Legislação Tributária 1 – fardo horária totalidade de 24 horas: Abordagem da Legislação Tributária Estadual, com ênfase nos documentos eletrônicos e sistema de escrituração do dedo (NFe, CTe, MDFe, BPe, NF3e e SPED);
  • Legislação Tributária 2 e Contabilidade Universal – fardo horária totalidade de 24 horas: Abordagem da Legislação Tributária com ênfase nos dispositivos legais da ação fiscal (art. 840 a 906 do RICMS-RR) e contabilidade com ênfase em auditoria fiscal e tributária;
  • Gestão Pública – fardo horária totalidade de 16 horas: Abordagem do Regime Jurídico do Grupo TAF (LC 008/94), LC 053/2001, Estrutura Organizacional da SEFAZ-RR (Regimento Interno da SEFAZ-RR), Lei 072/94 (Contencioso Administrativo Fiscal), Lei 773/2010 (Corregedoria Fazendária) e moral no serviço público.

Concurso Sefaz RR: vagas e salários

O projeto substancial também confirma que serão ofertadas 30 vagas para o missão de Auditor-Fiscal de Tributos Estaduais.

Destas, 20 vagas serão imediatas e 10 para cadastros reservas oferecidos, que deverá valer durante o prazo de validade do torneio.

A curso tem porquê requisito o ensino superior completo em qualquer extensão de formação, e o salário inicial, na idade no último torneio, em 2006, era de R$ 5.484,09. O valor pode ter mudado, uma vez que faz quase 20 anos.

Último concurso Sefaz RR

Publicado em 2006, o último concurso Sefaz de Roraima
aconteceu sob a organização da secretária Meio de Extensão, Treinamento e Aprimoramento Profissional (CETAP).

Ao todo, foram ofertadas 30 vagas para o missão de Fiscal de Tributos Estaduais, que exigia diploma para cursos de graduação em Recta, Economia, Ciências Contábeis e Gestão. 

Os concurseiros inscritos também foram avaliados por meio de duas etapas, sendo uma prova objetiva e o Curso de Formação e Treinamento. As etapas foram de caráter supressivo e classificatório.

As provas aconteceram num período de 4 horas, onde os candidatos tinham que responder 60 questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada (A, B, C, D e E), distribuídas da seguinte forma:

  • Língua Portuguesa (10 questões, peso 1)
  • Conhecimentos Gerais (25 questões, peso 1,6):
    • Matemática;
    • Gestão Pública;
    • Economia;
    • Estatística;
    • Recta Constitucional;
    • Recta Administrativo;
    • Recta Social;
    • Recta Penal;
    • Recta Mercantil;
    • Contabilidade Universal;
    • Contabilidade Mercantil;
    • Contabilidade Pública;
    • Contabilidade de Custos;
    • Contabilidade Pública.
  • Conhecimentos Específicos (25 questões, peso 2):
    • Legislação Tributária;
    • Recta Tributário.

Para ser considerado confirmado nesta lanço, o candidato teve que obter pontuação igual ou superior a 30 pontos.

Por outro lado, o Curso de Formação e Treinamento contou com uma fardo horária de 88 horas em regime de tempo integral. As atividades puderam ser realizadas em horário diurno e/ou noturno, inclusive aos sábados.

O formando que não frequentou, no mínimo, 80% das horas das atividades e/ou não satisfizesse as demais disposições do Regulamento, foi eliminado do concurso.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -