quinta-feira, julho 29, 2021

percentagem trabalha na escolha da b…

- Publicidade -

A percentagem organizadora do concurso Polícia Social RO já trabalha no processo de escolha da carteira, que ficará responsável pela seleção. O projeto essencial do edital também está sendo finalizado. 

Segundo apurou Folha Dirigida, pelo menos duas bancas organizadoras manifestaram interesse na seleção, no primeiro semestre deste ano. Foram elas: o Instituto AOCP e o Instituto Brasílico de Gestão e Pesquisa (IBGP). 

O Cebraspe também enviou uma proposta no mesmo período, mas ainda não está confirmado se o documento foi direcionado ao concurso da PC RO.  A corporação espera concluir o processo nos próximos meses, para que o edital seja publicado ainda levante ano

Ao todo, o concurso da Polícia Social de Rondônia contará com 379 vagas mais cadastro de suplente, que serão distribuídas pelas seguintes carreiras:

  • mandatário (dez vagas);
  • médico legista (dez);
  • agente de polícia (175);
  • escrivão de polícia (120);
  • papiloscopista (50); e
  • técnico em necropsia (14).

Para concorrer, será preciso ter o nível superior completo. Segundo a corporação, todos os cargos possuem jornada de 40 horas, com dedicação exclusiva.

Concurso Polícia Social RO terá 379 vagas de nível superior
(Foto: Ascom/PC RO)

Conforme os dois últimos concursos realizados pela instituição, em 2009 e em 2014, os candidatos devem ser avaliados por meio de provas, inspecção de títulos e o curso de formação da Ateneu de Polícia, além de outras etapas mediante solução.

“Uma vez que é o caso do Teste de Habilidade Física (TAF). Para os cargos de mandatário de polícia e médico legista, sucederam-se ainda prova verbal”, disse a PC RO.

Ainda conforme a instituição, as promoções da atividade da PC RO ocorrem de quatro em quatro anos de efetivo tirocínio pelos critérios de antiguidade (maior tempo de efetivo tirocínio na classe) e merecimento (prova positiva durante a sua permanência na classe).

PC RO dá dicas para o seu próximo concurso

A termo de ter uma noção de uma vez que ocorrerá a lanço do TAF, o diretor-geral da PC RO, Samir Fouad Abboud, sugeriu que os futuros candidatos busquem editais de concursos anteriores, assim uma vez que os documentos de outros estados para se basearem.

A quem se interessar em iniciar os estudos, assim uma vez que se preparar fisicamente, o diretor-geral afirmou que será necessário ter muita dedicação e esforço.

Ele ainda deu dicas para buscar cursos preparatórios para a curso policial, assim uma vez que iniciar a prática de atividade física desde já.

“‘Ser policial é um sacerdócio, é uma profissão muito dinâmica, para a qual o policial social deve ser vocacionado para o desempenho, exige capacidade e iniciativa, responsabilidade, comprometimento com o trabalho a ser realizado, controle emocional, visto que a missão do policial é satisfazer a lei e promover a justiça social, muitas vezes colocando sua vida em risco para proteger a sociedade”, esclareceu Fouad Abboud.

Inicie seus estudos com a Folha Cursos!

Folha Cursos

Resumo da seleção

  • Órgão: Polícia Social do Estado de Rondônia
  • Missão: mandatário, médico legista, agente de polícia, escrivão de polícia, papiloscopista e técnico em necropsia
  • Vagas: 379 mais cadastro suplente
  • Requisito: nível superior
  • Remuneração: a partir de R$3.332,46 e R$11.213,14
  • Secretária: a definir
  • Publicação do edital: previsto para 2021

Veja uma vez que foi o último concurso Polícia Social RO

Em 2014, a Polícia Social de Rondônia ofereceu 

144 vagas. As oportunidades foram distribuídas por cargos dos níveis médio e superior, com ganhos de R$3.332,46 e R$11.213,14, respectivamente.

As vagas foram para as carreiras de mandatário de polícia social (dez), perito criminal (oito), agente de polícia social (40), escrivão de polícia social (70), datiloscopista policial (cinco), técnico de necropsia (sete), agente de criminalística (dois) e técnico de laboratório (dois).

Já a organizadora foi a Instalação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). Na ocasião, os candidatos foram avaliados por diversas etapas.

Na dos concorrentes de nível superior, a seleção contou com três fases, sendo elas:

  1. provas objetiva e discursiva, Teste de Habilidade Física (TAF) e avaliação de títulos;
  2. prova verbal; e
  3. curso de formação.

Para os concorrentes de nível médio, as provas foram divididas em duas fases. A primeira delas teve um inspecção objetivo mais uma redação, além do TAF.

Neste caso, somente os candidatos ao incumbência de escrivão realizaram uma prova prática de digitação. Já a segunda lanço teve o curso de formação.

Na prova objetiva, foram cobradas questões de: Língua Portuguesa, Atualidades, Conhecimento Regional, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos.

oferecidas nove vagas, nos seguintes cargos:

  • nível médio: assistente administrativo, técnico em meio envolvente e técnico em segurança do trabalho; e
  • nível superior: gestor, legisperito, contador e engenheiro social.

Os salários variaram entre R$1.680 e R$6.619,20, já com o suplementar de risco, referente à fardo horária de 30 ou 40 horas, de contrato com a função.

O concurso teve a organização do Instituto Brasílico de Formação e Capacitação (IBFC). Já os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva, que ocorreu na cidade de Cabedelo (PB). 

O inspecção contou com questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos de contrato com o incumbência.

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos

Folha Cursos chegou para estugar os seus estudos. Em nossa novidade plataforma, você encontra materiais completos, otimizados e sem enrolação!

Confira a seguir os cursos preparatórios já disponíveis:

Por incumbência

Por curso

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -