sexta-feira, junho 25, 2021

Prêmio Verso em Movimento vai premiar estudantes de escolas públicas do Tocantins – Conexão Tocantins

- Publicidade -
Foto: Flaviana Ox

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Verso em Movimento. Realizado por A Barraca Cia de Artes, com coordenação da arte-educadora Magna Carneiro, o concurso literário vai premiar estudantes de escolas públicas de todas as regiões do Tocantins. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 de maio. O edital e formulário podem ser preenchidos pelo link https://forms.gle/tGn8EgK1T2BFyMkY7, disponível nas redes sociais da Companhia (Facebook: A Barraca Cia de Artes e Instagram: @abarracacia). Outras informações podem ser solicitadas pelo email [email protected]

Podem participar alunos a partir do 9° ano do Ensino Fundamental até o 3° ano do Ensino Médio, matriculados em escolas públicas. Serão aceitos poemas, crônicas e poesias inéditas, exclusivamente autorais ou releituras de autores tocantinenses escritos em língua portuguesa, em qualquer categoria literária. Realizado em parceria com a Liceu Tocantinense de Letras (ATL) e Liceu Palmense de Letras (APL), o concurso literário tem o objetivo de incentivar a formação de novos escritores e desvendar novos talentos para a literatura regional.

As dez poesias finalistas irão conceber um e-book e os autores participam de uma oficina artística-literária com os escritores e artistas locais em webconferência que será realizada no dia 3 de junho de 2021. Os três primeiros colocados ainda serão premiados com tablet (1º), caixa de som JBL (2º) e fone de ouvido sem fio com tecnologia Bluetooth (3º).

Verso em Movimento

O projeto é patrocinado pelo Prêmio Aldir Blanc, da Filial do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) e Governo Federalista – Ministério do Turismo – Secretaria Peculiar de Cultura e Fundo Vernáculo de Cultura. Proponente do projeto, a atriz, arte-educadora e escritora Magna Carneiro conta que a proposta é também de despertar o interesse pela Literatura, principalmente na juventude. “Na minha vivência em sala de lição, conheci muitos estudantes que tinham o dom para a verso, mas não tinham um incentivo para desenvolver aquele talento nato. Logo, criamos esse projeto para desvendar e despertar os novos talentos que temos no campo da Literatura de Setentrião a Sul do Estado”, explica  Magna.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -