quarta-feira, maio 5, 2021

prioridade com meio envolvente pode agilizar novo edital, com até 2.311 vagas

- Publicidade -

Concurso Ibama (Instituto Brasiliano de Meio Envolvente e dos Recursos Naturais Renováveis) aguarda aval para preencher oportunidades de níveis médio e superior

A sanção da lei orçamentária de 2021, na última quinta-feira, 22 de abril, pelo presidente Jair Bolsonaro, pode transfixar caminho para a realização do aguardado novo concurso Ibama (Instituto Brasiliano de Meio Envolvente e dos Recursos Naturais Renováveis). Além do recente compromisso assumido por Bolsonaro em priorizar a questão ambiental, em seu oração na cúpula do clima, o ministro do meio envolvente, Ricardo Salles, adianta que o orçamento para a questão ambiental deverá ser geminado em 2021, o que pode substanciar a possibilidade de contratações. Novas informações podem ser confirmadas em breve.

💡📚 Conheça nosso curso GRATUITO para o concurso Ibama: Técnico Administrativo do IBAMA

O Ibama conta com um pedido guiado ao Ministério da Economia em maio de 2020 para o preenchimento de 2.311 vagas, com opções para níveis médio e superior e iniciais de até R$ 7.760,45. Um novo pedido tende a ser guiado até 31 de maio, prazo para novas solicitações, para que as contratações possam ser consideradas no orçamento 2022.

Do atual pedido, 1.005 são para o missão de técnico administrativo, que pede somente ensino médio, 970 para crítico ambiental e 336 para crítico administrativo, ambos com exigência de nível superior completo. As remunerações iniciais são de R$ 3.712,72 para técnico e a R$ 7.760,45 para crítico, ambos já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Concurso Ibama: saiba porquê foi a última seleção

O último concurso Ibama ocorreu em 2012, com uma oferta de 108 vagas, sendo 45 na extensão de licenciamento ambiental no Região Federalista, 15 em licenciamento ambiental no Rio de Janeiro, 27 em monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental no Região Federalista e 21 em gestão, proteção e controle da qualidade ambiental no Região Federalista. Ao todo, 16.290 pessoas se inscreveram para o processo seletivo.

👉 Leia mais: Ibama: o que é, principais funções do órgão e concurso

Já para crítico administrativo, o último concurso foi realizado em 2013, para preenchimento de 61 postos, distribuídos da seguinte forma: Acre (2 vagas), Amapá (2), Amazonas (3), Bahia (1), Região Federalista (27), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Mato Grosso (3), Mato Grosso do Sul (2), Minas Gerais (2), Pará (2), Paraná (2), Piauí (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (2), Roraima (2), Santa Catarina (2), São Paulo (1), Sergipe (2) e Tocantins (2). O processo seletivo registrou 43.533 candidatos.

Os dois concursos Ibama anteriores foram organizados pelo Cespe/UnB, atual Cebraspe.

👉 Leia mais: Cebraspe: conheça as principais características da mesa

Resumo do Concurso

Vagas: 1888
Taxa de matrícula: Não definido
Cargos: Técnico, Comentador
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Fita de salário: De R$ 3712,72 Até R$ 7760,45
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

| Veja mais notícias cá! |

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -