Quanto ganha um juiz? Veja detalhes de um dos maiores salários do país

- Publicidade -

É inverídico calcularmos a remuneração de juiz exclusivamente por seu salário. Isso porque, além da remuneração, os juízes recebem vários benefícios, mas enfim de contas, você sabe quanto ganha um juiz?

Vale lembrar que a remuneração de um juiz também é conhecida porquê subvenção e não pode ultrapassar o teto constitucional dos Ministros do STF, de R$ 39.200,00, segundo o item 93.

O profissional ganha tapume de R$ 33.000,00, podendo variar em cada região. Porém os valores podem triplicar devido aos muitos benefícios: auxílio moradia, auxílio saúde, auxílio sustento; além de gratificações e ajuda de dispêndio.

Um juiz pode atuar na curso federalista ou estadual, as diferenças não estão somente na extensão de atuação, os salários também diferem. Você deve está se perguntando: qual juiz ganha mais?

Sua incerteza será respondida no próximo tópico. Mas antes, confira a oportunidade:

Quer permanecer por dentro de todas as novidades sobre essa curso? O Direção Concursos preparou um grupo no telegram com as principais notícias voltadas para a extensão de Tribunais. Clique cá e participe!

Qual juiz ganha mais:

Um juiz de curso federalista ganha mais do que um de curso estadual. Porém, há casos em que os salários estão próximos. No Região Federalista, por exemplo, um juiz do TJDFT recebe R$ 32.004,65, segundo o portal da transparência.

O profissional pode atuar no Supremo Tribunal Federalista, Tribunal Federalista de Recursos, Recomendação Pátrio da Magistratura, Tribunais Militares, Eleitorais, Estaduais e outros.

Agora que você já sabe quanto ganha um juiz, descubra o que fazer para se tornar um.

Porquê se tornar um juiz

Os pré requisitos para ingressar na profissão são:

  • Graduação em Recta
  • Três anos de experiência profissional na extensão jurídica
  • Concurso público

Porquê vimos nos tópicos supra, não é atoa que a curso labareda tanta atenção dos bacharéis em recta. Porém, os editais do concurso público listam uma série de etapas na seleção, sendo elas: prova objetiva, prova escrita, investigação social, examinação de sanidade física e mental, examinação psicotécnico, prova verbal e avaliação de títulos.

Nas provas objetivas, podem ser cobradas questões de recta social, recta do consumidor, recta da párvulo e do jovem, recta eleitoral, recta empresarial, recta tributário, recta ambiental, recta administrativo, recta agrário, dentre outras.

As provas podem variar para o incumbência de juiz estadual e juiz federalista, por conta das competências de cada um, e por conta do torneio.

Se você acha que a lista de pré-requisitos acaba depois a aprovação no concurso público, você está traído. Ainda é preciso frequentar uma escola de magistratura para aprender questões técnicas e desenvolver competências específicas para o incumbência.

Ufa, agora sim! Depois de saber quanto ganha um juiz e mais algumas questões importantes, conta para gente: treinar o incumbência de juiz é seu sonho? Você está se preparando para isso?

Assinatura Ilimitada

Quer estudar com muito mais qualidade e muito menos preço? O ano de 2021 suplente grande oportunidades de ingresso no serviço público e você, com o Direção Concursos, pode chegar longe.

Adquira a Assinatura Ilimitada por 12 parcelas de R$ 99,90. São mais de 320 cursos para certames de todas as áreas de atuação.

Clique aquém e adquira já o material mais moderno e completo do mundo dos concursos, fruto da parceria entre Direção e QConcursos:

concursos tribunais concursos tribunais de justiça qual juiz ganha mais quanto ganha um juiz quanto ganha um juiz estadual quanto ganha um juiz federalista salário de um juiz

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -