sexta-feira, maio 14, 2021

Sejusp abre concurso para facilitar educacional

- Publicidade -

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) lançou, na sexta-feira (16), o edital para concurso de Assistente Executivo de Resguardo Social – Facilitar Educacional. São 211 vagas de nível médio para cargos efetivos nas unidades socioeducativas de todo o estado, sendo 21 delas reservadas a pessoas com deficiência. O salário é de R$ 1.750,10, para 40 horas de trabalho semanais, podendo ser cumpridas em escalas de plantão. A seleção será em duas etapas: uma prova objetiva de múltipla escolha e uma avaliação psicológica.

As inscrições vão de 16 de junho a 16 de julho, e devem ser feitas no site do Instituto Brasílio de Gestão e Pesquisa (IBGP). Dúvidas devem ser encaminhadas, exclusivamente, para [email protected] O valor de letreiro é de R$ 73,97. Candidatos desempregados ou com limitações financeiras podem requerer a isenção da taxa. O edital pode ser acessado pelos sites do IBGP e da Sejusp

Levante é o primeiro de três concursos previstos pela Sejusp em 2021; outros dois estão autorizados pela Secretaria de Estadode Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), para cargos efetivos de policiais penais e de agentes socioeducativos.

Curso

O concurso para a função de facilitar educacional ampliará substancialmente a curso nos centros socioeducativos de Minas. Atualmente, muro de 20 servidores efetivos ocupam o incumbência no Estado. Segundo o subsecretário de Atendimento Socioeducativo, Bernardo Naves, o aumento tem uma vez que objetivo potencializar as atividades culturais, sociais e esportivas, conforme preconizam o Sistema Pátrio de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e o Regimento da Petiz e do Juvenil (ECA), em procura de interromper a trajetória infracional dos adolescentes em medida de internação ou semiliberdade.

“Sem prejuízo às funções exercidas pelos agentes socioeducativos, esses profissionais vêm colaborar com a movimentação dos jovens dentro da unidade e proporcionar mais espaços pedagógicos e educacionais. Evidente que o agente pode continuar trabalhando nessas ações, mas eles ficam, a partir da ingressão desse pessoal, mais dedicados às tarefas de escolta e segurança dos internos”, explica o subsecretário.

Processo

A previsão é de que as provas do concurso sejam aplicadas em 15/8, simultaneamente nos municípios de Belo Horizonte, Barbacena, Curvelo, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Satisfeito, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí. Já a avaliação psicológica, de caráter supressivo, acontecerá mediante convocação pelo endereço eletrônico do IBGP.

Inovação

A titular da Superintendência Educacional de Segurança Pública (Sesg) da Sejusp, Roberta Corrêa, destaca a inovação do processo. “De forma inédita, os aprovados passarão por um curso de formação para qualificação e mais eficiência na prestação dos seus serviços”, anuncia. A capacitação dos servidores acontecerá posteriormente a posse, já contabilizada uma vez que trouxa horária de trabalho.

Serão ministradas 540 horas de ensino, divididas entre aulas presenciais e a intervalo, com disciplinas que vão da legislação institucional e da visão sistêmica da Sejusp, à gestão e formação de pessoas no sistema socioeducativo e ao relacionamento interpessoal.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -