segunda-feira, maio 17, 2021

Sinop é a cidade mais fiscalizada do país em 2020

- Publicidade -
Home
» Notícias » Destaques » Sinop é a cidade mais fiscalizada do país em 2020

Em 2020, Sinop ficou em 1º lugar do Brasil, uma vez que a cidade na qual se emitiu a maior quantidade de documentos oriundos de ações de fiscalização. No segundo semestre de 2019 foi inaugurado um escritório descentralizado do CAU/MT na região, intensificando as ações de fiscalização no setentrião do estado. Relativo a quantidade de totalidade de relatórios emitidos por estados, Mato Grosso ficou em 3º lugar do país com 1.943 documentos. Perdendo somente para Minas Gerais (2.190) e Santa Catarina (2.073).

Manadeira: Igeo/abril

Outras cidades do Mato Grosso apareceram no ranking pátrio de documentos de fiscalização emitidos em 2020. Sorriso encontra-se em 13º lugar com 269 relatórios, seguido por Primavera do Leste em 14º lugar com 256 relatórios. Cuiabá encontra-se em 25º lugar com 136 documentos emitidos. Temos também Lucas do Rio Verdejante em 47º lugar e Campo Verdejante em 50º, com 61 e 22 relatórios, respectivamente.

Os relatórios referem-se as atividades desempenhadas pelo setor de fiscalização, dentre as quais estão ações de fiscalização in loco, impugnação de editais de concursos públicos, apuração de denúncias recebidas, procedimentos de fiscalização preventiva, apuração por meio de interceptação de dados nos módulos de fiscalização, ações de fiscalização interna, entre outros.

A fiscalização do tirocínio da arquitetura e urbanismo procura prometer à sociedade serviços de qualidade, prestados por profissionais com a devida habilitação técnica, garantindo assim sua segurança e bem-estar. Para tanto, o Juízo desempenha diversas atividades de fiscalização que estão dentro do seu campo de atuação visando coibir o tirocínio irregular da profissão.

Interessados em contribuir com o trabalho do Juízo e que tenham conhecimento de alguma irregularidade no contexto da arquitetura e urbanismo, podem registrar uma denúncia para perquirição. As denúncias podem ser feitas por qualquer pessoa, não sendo necessário ser um arquiteto e urbanista para realizar o procedimento. Para tanto, basta acessar o site do CAU/MT , e no menu “Serviços Online” no campo “Denúncias”, preencher o formulário disponível.

Juliana Kobayashi, Informação CAU/MT

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -