quinta-feira, abril 22, 2021

SP: Estudantes elaboram soluções inovadoras para hospital

- Publicidade -

Na região de São Carlos, interno de São Paulo, jovens desenvolvem iniciativas que pretendem transformar o Brasil. A parceria é uma dessas iniciativas que visam engajar estudantes na potencialização de seus resultados.

Desenvolvido pela empresa júnior da Faculdade de Economia e Governo da USP de Ribeirão Preto, a Jr. FEA, o projeto visa facilitar o planejamento estratégico, o mapeamento de processos e o propagação do Hospital Mahatma Gandhi, trazendo inúmeros benefícios para a cidade.

A aproximação entre as organizações surgiu em seguida parceria entre o Núcleo São Carlos (NuSC), responsável pelas Empresas Juniores (EJs) da região, e a Associação Mercantil e Empresarial (ACE) de Catanduva.

Desde junho de 2020, essa colaboração do NuSC e a ACE,  apoia o negócio lugar por meio de projetos desenvolvidos por EJs. A consultoria da Jr. FEA para o Hospital apresenta uma selecção mais barata e viável em confrontação ao que é feito por empresas sêniores do mercado.

Iniciativa de estudantes

Uma Empresa Júnior é uma iniciativa estudantil sem fins lucrativos, na qual universitários buscam seu primeiro contato com o mundo empresarial e colocam em prática aquilo que aprendem em sala de lição.

O Núcleo São Carlos é responsável por coordenar mais de 50 EJs no interno do Estado de São Paulo. Ou por outra, o NuSC estimula o ecossistema da região por meio de entregas de impacto e líderes que persistem.

Pedro Supremo, membro da Jr. FEA e um dos responsáveis pelo projeto, relata a preço dessas parcerias firmadas.

“A realização deste tipo de projeto é extremamente enriquecedora para ambas as partes! Estas oportunidades trazem um propagação profissional enorme para as EJs e é uma grande oportunidade para as empresas terem uma visão inovadora na solução de dificuldades”, declara.

O Núcleo São Carlos incentiva projetos engajados com a mudança e a transformação da região e do Brasil. Presente em treze cidades, o Núcleo é responsável por incentivar mais de 1200 jovens universitários a desenvolver projetos que impactam as pessoas e a sociedade em universal.

E logo, gostou de saber sobre isso?

Leia também – Fintechs recrutam estudantes para programa de formação de universitários

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -