sexta-feira, junho 25, 2021

Trabalhadores do turismo receberão Auxílio de R$ 200 no Amazonas

- Publicidade -

Trabalhadores do turismo do Amazonas irão poder usufruir de um Auxílio Emergencial próprio de R$ 200. Quem está dizendo isso é o próprio Governo do Estado. Os trabalhadores que se interessarem pela teoria precisam percorrer porque o prazo de matrícula para o programa acaba na próxima quinta-feira (6).

De contrato com as informações oficiais do Governo do Estado, o Auxílio em questão vai remunerar três parcelas de R$ 200. Isso quer manifestar portanto que essas pessoas irão receber R$ 600 ao todo. Isso vai suceder independente da melhora ou não da situação da pandemia na região.

Nas redes sociais, muita gente criticou a quantidade de pessoas que irão poder receber o Auxílio. Segundo o próprio Governo, eles irão remunerar essas quantias para 562 trabalhadores. Órgãos que representam os trabalhadores da dimensão dizem que essa quantidade não abarca todo mundo que precisa receber o montante.

O profissional pode fazer a matrícula presencialmente no Meio de Convenções Vasco Vasques, localizado na Av. Constantino Nery, 5001, Flores. Ou ele pode fazer esse mesmo processo de maneira remota enviando seus documentos básicos para o e-mail: [email protected]

De contrato com o Governo, esses documentos básicos são reprodução do RG, CPF ou CNPJ, comprovante de residência, comprovante de cadastro na cooperativa e o crachá de profissional de guia do turismo do Cadastur, emitido pelo Ministério do Turismo.

Profissionais do Turismo

Quem trabalha com turismo sabe muito que o setor está sofrendo muito por motivo da pandemia do novo coronavírus. É que para impedir a circulação da Covid-19 a primeira medida dos governantes normalmente é fechar as fronteiras e impedir que as pessoas participem de aglomerações.

E o trajo é que esses trabalhadores precisam de aglomeração para conseguir fazer os seus trabalhos. No caso deles, o Governo Federalista não criou nenhum tipo de auxílio específico porquê há, por exemplo, para os trabalhadores da cultura, que podem usar a Lei Aldir Blanc.

No caso do Auxílio do Amazonas, o numerário das três parcelas irão para 378 guias de turismo e 184 cooperados. Para quem não sabe esses são os barqueiros e canoeiros da região. Uma vez que se sabe, o Amazonas possui um potente apelo para o turismo ambiental internacional. Enfim, o estado concentra boa secção da maior floresta tropical do mundo.

Auxílio para trabalhadores

Não é só o estado do Amazonas que está criando auxílios para profissionais específicos. Vários outras unidades da federação estão preferindo fazer esse tipo de direcionamento para alguns trabalhadores. Há casos, por exemplo, em que o Governo estadual está pagando auxílios exclusivamente para taxistas.

Esses Governos estaduais argumentam que o melhor a se fazer é ajudar os profissionais das áreas que estão sofrendo mais neste momento. Por outro lado, vários estados estão pagando auxílios com base em divisões sociais. Por essa lógica portanto, quem está precisando mais, recebe o numerário. E isso acontece independente da profissão da pessoa.

É justamente assim, aliás, que acontece o pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federalista. O mercê do Planalto faz pagamentos para pessoas que estão aquém de uma tira de renda. Isso é portanto um dos requisitos básicos para a liberação do numerário.

ARTIGOS RELACIONADOS

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -